Descidas no setor energético penalizam Wall Street

No mercado cambial, o dólar deprecia-se em comparação com às principais, a desvalorizar mais de 1% para 0,847 euros.

Reuters

As bolsas norte-americanas fecharam esta terça-feira no vermelho, penalizadas pelo setor da energia. As ações da multi-nacional General Electric caíram pela segunda sessão consecutiva, próximos do pior tombo desde 2009, enquanto os preços do petróleo caíram mais de 2% devido a um aumento de produção pelos Estados Unidos.

Em Wall Street, o industrial Dow Jones perdeu 0,13% para 23.409,47 pontos, o financeiro S&P 500 caiu 0,23% para 2.578,87 pontos e o tecnológico Nasdaq recuou 0,29% para 6.737,87 pontos, numa altura em que a época de resultados está a chegar ao fim e os mercados corrigem dos máximos da semana passada.

No mercado cambial, o dólar deprecia-se em comparação com às principais pares: europeia, britânica e japonesa. A moeda norte-americana desvaloriza 1,10% para 0,847 euros, 0,37% para 0,759 libras e 0,17% para 113,430 ienes.





Mais notícias