“Declarações de André Ventura são racistas”: PS reage à polémica em Loures

A candidata do PS, Sónia Paixão, considera que as declarações de André Ventura, em entrevista ao jornal i “são racistas e discriminatórias”.

A candidata do Partido Socialista, Sónia Paixão, reagiu à polémica entrevista de André Ventura ao Jornal i, considerando que as declarações do candidato do PSD/CDS à liderança da autarquia de Loures “são racistas e que o candidato discriminou cidadãos portugueses”, em declarações ao Jornal Económico.

Além disso, Sónia Paixão sublinhou que “a atual autarquia comunista coligada com o PSD na câmara contribuiu para um aumento do sentimento de insegurança em Loures, ao ter liquidado os contratos locais de segurança”.

André Ventura, candidato à Câmara de Loures pelo PSD, com apoio do CDS, deu uma polémica entrevista o jornal i, onde falou dos ciganos como uma etnia que “vive quase exclusivamente de subsídios do Estado “, acrescentando que “acham que estão acima das regras do Estado de direito”.

Depois destas declarações polémicas, várias personalidades políticas exigiram que Pedro Passos Coelho se demarcasse de André, assim como um dirigente do CDS sugeriu que se rompesse a coligação na Câmara de Loures.

O líder do Partido Nacional Renovador, José Pinto Coelho, também reagiu à entrevista através do Twiiter, perguntando a André Ventura: “Tens a certeza que este não é teu?”

O responsável máximo do partido respondeu ao repto e afirmou que “infelizmente, ao que parece, alguns dos ‘meus’ ainda andam pelos partidos do sistema”.





Mais notícias