Cristiano Ronaldo agradece coragem de Albuquerque para a escolha do seu nome

Cristiano Ronaldo admitiu que ver o seu nome dado ao Aeroporto da Madeira “é algo muito especial”.

O jogador do Real Madrid e capitão da seleção nacional de futebol evidenciou esta quarta-feira na cerimónia de uma homenagem que lhe foi prestada no Aeroporto da Madeira que “toda a gente sabe que tenho orgulho das minhas raízes e da minha terra” e lembrou que nas entrevistas que concede e nas ações de promoção faz “sempre questão de elogiar Portugal e, em especial, a Madeira”.

Em relação à homenagem que foi feita esta quarta-feira perante muitos convidados e centenas e centenas de populares, o jogador madeirense recordou que sempre tem dito que considera que as homenagens devem ser feitas enquanto as pessoas distinguidas estão vivas, como é o seu caso. Por isso mesmo, disse agradecer muito ao presidente do Governo Regional “por ter tido a coragem e a frontalidade e a firmeza de defender a sua ideia”.

Cristiano Ronaldo disse não ser hipócrita e assume que ficou feliz e honrado com a escolha.

Em relação a algumas vozes discordantes da atribuição do seu nome ao aeroporto disse saber que algumas pessoas “não estão de acordo” mas admitiu que algumas até deveriam estar na cerimónia naquele momento. Não obstante, reconheceu que vivemos numa democracia e que todos têm direito a expressar a sua opinião. Neste domínio disse que prefere as pessoas “que assumem as suas posições de viva voz e de forma clara” em detrimento “dos que se escondem e falam por eles”.

Cristiano Ronaldo referiu ainda que sabe a responsabilidade que tem. “Tentarei sempre continuar a dignificar Portugal e, em especial, a Madeira, com dedicação, espírito de sacrifício e paixão, como sempre fiz até agora”, rematou.



Mais notícias