Cristas questiona Costa: “Vai ou não demitir os ministros?”

"Obviamente não demito nenhum ministro, obviamente não demito o ministro da Defesa, obviamente não demito a ministra da Administração Interna," responde o primeiro-ministro, no momento mais tenso do "Debate sobre o Estado da Nação".

A líder do CDS-PP, Assunção Cristas, proferiu um discurso muito crítico da atuação do Governo, ao ponto de afirmar que António Costa “não tem um Governo, tem uma sucessão de casos de ministros, os quais desconsidera e ultrapassa num dia, mas segura no outro.” Nesse sentido, questionou o primeiro-ministro sobre se tenciona demitir o ministro da Defesa Nacional, José Azeredo Lopes, e a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, por causa do assalto à base militar de Tancos e do incêndio em Pedrógão Grande.

“O senhor primeiro-ministro tem a oportunidade de remodelar profundamente o seu Governo, por isso diga-nos cara a cara: vai ou não demitir a sua ministra da Administração Interna? Vai ou não demitir o seu ministro da Defesa? Fique sabendo que, se nada fizer, então tudo, mas tudo o que acontecer daqui para a frente nestas áreas já não tem qualquer pára-raios. Tudo lhe será diretamente assacado. A responsabilidade passa agora a ser sua e só sua,” alertou Cristas.

Na resposta, Costa não deixou margem para dúvidas: “Obviamente não demito nenhum ministro, obviamente não demito o ministro da Defesa, obviamente não demito a ministra da Administração Interna,” garantiu o primeiro-ministro. “Tudo o que um ministro meu fizer será sempre responsabilidade minha,” acrescentou.





Mais notícias