Copzilla: Um carro de polícia que impõe respeito

Para o Salão de Nova Iorque a Nissan decidiu “vestir” o GT-R como um carro de polícia. O resultado recebeu a apropriada alcunha de Copzilla.

A menos que vá aos comandos de um superdesportivo, não vale a pena tentar fugir quando vir chegar este veículo da polícia. É que, depois de a Lamborghini ter entregado as chaves de um Huracán Polizia às forças da ordem italianas, a Nissan criou o Police Pursuit #23, a sua própria versão do que deverá ser um carro de polícia, que será apresentado em Nova Iorque, no Salão local.

Com um aspeto que facilmente fará com que todos cumpram os limites de velocidade, o Police Pursuit #23, que ganhou a alcunha de Copzilla, veste as cores do ficcional Departamento de Polícia metropolitana “Skyline”: preto, com pormenores dourados. A barra de luzes no tejadilho e grelha não poderiam faltar, bem como o logo “Skyline Metro” nos painéis laterais e capot. O bastante proeminente defletor traseiro completa o conjunto. Debaixo deste, nada de novo. Ao serviço deste departamento policial fictício está o 3.8 biturbo V6 com 565 cv e 635 Nm de binário. Alteradas foram, no entanto, a altura ao solo, reduzida, e as jantes de fábrica, substituídas por estas de 22”, com ameaçadores picos, a condizer com a personalidade do Copzilla.

Em Nova Iorque, ao lado do Copzilla estará o novo GT-R Track Edition, que ostenta alguns melhoramentos face à versão base, como jantes de alumínio de 20”, um defletor traseiro em carbono e uma suspensão revista pela Nismo. Também presente estará o 370Z Heritage Edition, que evoca o icónico 240, com alguns melhoramentos exteriores.





Mais notícias