Contribuintes já não vão ter de esperar pela senha da Segurança Social

Senhas na hora e regularização das dívidas online são algumas das principais medidas da estratégia de modernização da segurança social.

A segurança social vai passar a ter um serviço de distribuição de senhas na hora já no próximo ano. A medida, incluída na estratégia de modernização da segurança social apresentada esta segunda-feira pelo Governo, vai diminuir assim o tempo de espera necessário entre pedir e receber a senha para aceder ao site da Segurança Social direta.

Até agora, os contribuintes tinham de pedir a senha de acesso à segurança social e esperar que a mesma chegasse por correio. Segundo os planos do Governo, citados pelo Jornal de Notícias, a partir de 2018 a senha poderá ser pedida online ou presencialmente e ficar disponível no momento.

Outra das medidas incluídas na estratégia diz respeito à regularização de dívidas. Contribuintes com dívidas à Segurança Social vão passar a poder gerir os planos de pagamento online. A medida entra em vigor no terceiro trimestre deste ano, segundo o jornal Público. A ideia é que particulares e empresas possam consultar na internet todas as informações sobre o plano voluntário de regularização de dívidas, incluindo prestações pagas ou por pagar.

A secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim, referiu que a nova estratégia vai reforçar a proximidade com os contribuintes e reduzir custos, aumentando a eficiência. Nove das 43 medidas da estratégia estão já a ser aplicadas e o ministério do Trabalho e da Segurança Social pretende implementar as restantes até ao final de 2018.

“O que eu gostaria é que estivessem já todas concretizadas; que fosse já mais simples para os cidadãos e para as empresas relacionarem-se com a Segurança Social, quando se trata de uma prestação, do acesso à reforma, de uma dimensão contributiva… Eu gostaria que [a implementação de] todas elas fosse mais rápida”, disse o ministro do Trabalho e da Segurança Social, Vieira da Silva na apresentação do novo ‘Portal Consigo’, citado pela Lusa.