Conselho de Governo aprova implementação de meios aéreos no combate a incêndios

A operação de meios aéreos no combate a incêndios vai custar 1.2 milhões de euros e vai ser feita através do uso de um helicóptero ligeiro.

Funchal

O Conselho de Governo aprovou hoje a utilização de meios aéreos no combate a incêndios. A operação está avaliada em 1.2 milhões de euros.

A reunião do Conselho de Governo aprovou as conclusões do relatório da Estrutura de Missão. O apoio aéreo no combate a incêndios vai ser feito através do uso de helicóptero ligeiro. A utilização destes meios deve ocorrer entre 15 de Junho e 15 de Outubro de cada ano.

O Conselho de Governo ainda aprovou 62 contratos com estabelecimentos de educação privados num montante de cerca de 26 milhões de euros e um protocolo com a Associação Regional de Triatlo da Madeira (ARTM) que não vai exceder os 50 mil euros.

A Associação Barmen da Madeira foi declarada de utilidade pública e João Fino foi nomeado Vogal do Conselho de Administração da IHM -Investimentos Habitacionais da Madeira neste Conselho de Governo.



Mais notícias