Condenada: Volkswagen vai ter de pagar 2,8 mil milhões nos EUA

Grupo automobilístico alemão também foi condenado a três anos de liberdade condicional.

A Volkswagen foi condenada esta sexta-feira nos EUA a três anos de liberdade condicional e ao pagamento de uma multa no valor de 2,8 mil milhões de dólares (cerca de 2.641 mil milhões de euros) pelo escândalo designado de ‘dieselgate’.

Durante a audiência no Tribunal Federal de Detroit (Michigan), o juiz assinalou que não haverá restituição às presumíveis vítimas do ‘dieselgate’ e assegurou que este caso é “muito sério e preocupante” já que abrange uma empresa automobilística “incónica”.

“Este é um caso de fraude massivo e deliberado”, explicou o juiz, que aprovou o acordo anunciado em janeiro que incluía uma declaração de culpa por parte da empresa de três acusações por delitos graves.

Mais notícias