Como desenvolver um programa nuclear através do Google Earth? Kim Jong-un explica

Novas fotografias de propaganda divulgadas pelo regime parecem mostrar-lhe o estudo de mapas da Base Aérea de Anderson em Guam, de há pelo menos seis anos.

Kim Jong-Un está envolvido numa nova polémica. A agência KCNA lançou fotografias de propaganda nas quais o líder da Coreia do Norte surge a analisar fotografias do Google Earth para identificar os ‘alvos’ do seu programa nuclear. A questão prende-se com o facto do material que Kim Jong-Un analisa ter pelo menos seis anos.

As novas fotografias de propaganda divulgadas pelo regime parecem mostrar-lhe o estudo de mapas da Base Aérea de Anderson em Guam, de há pelo menos seis anos, conta o The Independent. 

Para Nick Henson, do Centro de Segurança e Cooperação Internacional da Universidade de Stanford, a fotografia sugere que a Coreia do Norte não tem os próprios satélites e, portanto, tem que usar imagens publicamente disponíveis.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou, esta segunda-feira, por unanimidade o pacote de sanções contra a Coreia do Norte.





Mais notícias