Combates no Congo obrigam à deslocação de um milhão de pessoas

População deslocada aumentou cerca de 60% face aos dados divulgados pela primeira vez pela ONU, a 3 de abril.

REUTERS/Robert Carrubba

Mais de um milhão de pessoas já foram deslocadas devido aos combates entre o exército congolês e as milícias, no centro da República Democrática do Congo.

Os combates e o receio de represálias de ambos os lados levou a população a deslocar-se, adverte o United Nations Office for Coordination of Humaittarian Affairs, citado pela Bloomberg.

O número de pessoas deslocadas aumentou cerca de 60% face aos dados divulgados pela primeira vez pelo ONUOCHA, a 3 de abril, segundo a Bloomberg.

Os combates entre as forças de segurança congolesas e as milícias já fizeram centenas de mortos na província de Kasai-Central nos últimos seis meses e espalharam-se a cinco províncias vizinhas.

Ainda que tenha missões de ajuda humanitária no Congo, a presença da ONU na zona central do país é limitada.



Mais notícias
PUB
PUB
PUB