CGD: Marcelo recorda que sempre defendeu entrega de declarações no Tribunal Constitucional

O Presidente da República disse que sempre defendeu a entrega das declarações de rendimentos e património no Tribunal Constitucional pelos gestores da Caixa Geral de Depósitos.

marcelo

Questionado em Braga sobre o acórdão hoje publicado no ‘site’ Tribunal Constitucional, que notifica os ex-administradores da Caixa Geral de Depósitos que ainda não entregaram as declarações de rendimentos e património que terão de fazê-lo, Marcelo Rebelo de Sousa foi peremptório, segundo a Lusa.

“Às vezes, vale a pena ser teimoso, ter a mesma ideia do começo até ao fim ou, dito por outras palavras, ser professor de Direito Constitucional”, acentuou o chefe de Estado à margem do 43.o aniversário da Universidade do Minho, em Braga.

Os ex-administradores da CGD que ainda não entregaram as declarações de rendimentos e património vão ter de o fazer. Foi uma decisão tomada por unanimidade pelo Tribunal Constitucional.

 

  • Viva Portugal

    marcelo, mais me ajudas !!!

    UM MINISTRO DAS FINANÇAS NÃO PODE ANDAR A FAZER JOGUINHOS DE BASTIDORES E CONTACTOS PARA FACILITAR A NÃO ENTREGA DE DECLARAÇÕES DE RENDIMENTOS A QUEM QUER QUE SEJA !!!!!!!

    E MUITO MENOS PODE DEPOIS DISSO IR PARA UMA COMISSÃO PARLAMENTAR DE INQUÉRITO (CPI) MENTIR DESCARADAMENTE, QUANDO AS PROVAS MOSTRAM O CONTRÁRIO !!!!!!!

  • Joao Antonio Mota Asseiceiro

    Só entregam a declaraçao se quiserem como em qualquer obrigaçao. As penalizaçoes existem para castigar os faltosos. Eu nao entregava nada pelo simples facto que nao quero. Haja “tempo” para pagar a multa ou para ir para a cadeia ninguem é obrigado a nada. Ponto final.

  • Ignorante

    Ai que medo que eles tem das sansões …

  • Alberto Martins

    Apenas um apontamento…
    José Miguel Judice:

    “um acordo gizado por um escritório de advogados privado contratado por António Domingues para negociar com o Ministério das Finanças esses termos.”

    Uma verdade de “décadas”…

    O sr. judice sabe por experiência própria, tal como os proenças de carvalho e outros, tal como os deputados, tal como membros de todos os governos passados, que as leis são feitas nos escritórios de advogados onde muitas vezes deputados “trabalham, trabalharam ou irão continuar a trabalhar” na elaboração das mesmas.
    Não é por acaso que as leis aprovadas deixam sempre janelas, portas, portões escancarados para estes senhores advogados safarem os figurões que deviam estar em Évora…

    • O manjerico.

      Toca numa ferida… e que ferida !

    • Claríssimo

      O Código dos Contratos Públicos é um exemplo. Por lá passa toda a corrupção.

  • O ginja garafal

    Sim senhor presidente, mas o seu problema foi promulgar o decreto que alterava os deveres dos gestores públicos sem aferir a sua constitucionalidade, pelo que é pior a emenda que o soneto, se sabia e não pediu, tornou-se conivente com a inconstitucionalidade,é para isso que também serve o presidente senão fazemos como na França, o presidente é o chefe do governo..

  • pa

    NÃO ME LEM,BRO DE NADA. MAIS TANGAS DO CATA VENTO.

  • Revoltado

    Mas é que nem pode ser de outra forma! senão eu também quero….então sou cidadão igual e pago impostos….não tenho os mesmos direitos porquê? por sinal ate me barbeio e tomo banho , uso perfumes…então? eu não cheiro mal….olha isto hein!…

  • asdrubal

    Publicamente defendeu, mas nas entranhas com o governo fez de conta que não sabia e phudeu a administração da caixa, que apenas pediu o que queria e foi enganada. Mas deixaram o trabalho feito, e por isso costa se vai rindo mais centino.

  • NovoNick

    O sr. Presidente da República defendeu um erro, nas condições actuais o património dos gestores públicos pode ser publicitado por coscuvilheiros insolventes invejosos, poderia ter defendido que a declaração de património ficasse protegida, mas não o fez, poderia ter defendido que a declaração de rendimento fosse alargada à totalidade da carreira profissional, mas não o fez, correu bem porque um banqueiro que faz fugas de informação sobre negócios de estado é indigno do cargo.

  • peidofilo do ps

    Ó MARCELO DAQUI A 4 ANOS JÁ NINGUEM TE SUPORTA TAL É O CIRCO DIÁRIO QUE TEMOS QUE ATURAR!!!
    É DEMAIS TANTA FESTA E HIPOCRISIA!!!