Centro de negócios em Lisboa procura empreendedores e promete ajudá-los

As candidaturas ao programa de incubação do Lisboa Biz continuam a decorrer. Os apoios podem cobrir, nos três primeiros anos de incubação, a totalidade dos custos com serviços.

O centro de negócios “Lisboa Biz” está a receber candidaturas de startups, microempresas e empreendedores com uma ideia de negócio que queiram aderir ao seu programa de incubação, o Startup Biz.

Trata-se de uma incubadora com o objetivo de apoiar empresas com elevado potencial de crescimento, desde a criação e financiamento do negócio, aluguer de salas de trabalho, de salas de reuniões e de formação, apoio administrativo, contabilístico e jurídico.

“Continuamos a aceitar candidaturas de startups que queiram potenciar os seus negócios, mas a oferta é tanta que nem sempre os empreendedores estão alerta para este tipo de apoios. As sinergias que criámos nestes últimos quatro anos permitem-nos apoiar o ecossistema empresarial português a desenvolver-se”, afirma Artur Salada Ferreira, administrador do Lisboa Biz.

Segundo o Lisboa Biz, os apoios podem cobrir, nos três primeiros anos de incubação, a totalidade dos custos com serviços, incluindo as salas de formação e reunião e um posto de trabalho dedicado, despesas avaliadas em 5000 euros por ano. “A mão de obra poderá também ser participada sendo estas situações avaliadas caso a caso, admitindo-se financiar até um ano de salário”, refere o centro, em comunicado.

O acompanhamento destes empreendedores está a cargo da ARSOFI – Investimentos e Gestão Imobiliária, entidade gestora do centro de negócios. No primeiro ano de funcionamento da incubadora, três empresas foram apoiadas: uma na área da saúde e bem-estar, outra na da educação e outra no ramo imobiliário.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB