Centeno sondado para presidência do Eurogrupo

Vários países pediram a demissão de Dijsselbloem na presidência do Eurogrupo depois das declarações sobre os países do Sul gastarem dinheiro “em copos e mulheres”.

Foto: Cristina Bernardo

Os europeus procuram um sucedâneo para o holandês Dijsselbloem na presidência do Eurogrupo e o ministro das Finanças português, Mário Centeno, foi sondado nesse sentido, avança o Expresso.

Depois das criticas feitas ao holandês, na sequência dos comentári0s em relação aos países do Sul, vários pediram a demissão do presidente do fórum dos ministros das Finanças da zona euro. O jornal Expresso diz ainda que António Costa pode não querer “partilhar o seu ministro” com Bruxelas.

Tags
Mais notícias