Centenário do Santuário de Nossa Senhora de Fátima celebrado com nova moeda

São três as moedas de coleção que a autoridade monetária coloca a circular a partir de hoje. Siza Viera, Madeira e Aparições são os temas.

REUTERS/Rafael Marchante

O Banco de Portugal colocou hoje em circulação três moedas de coleção, uma delas alusiva ao centenário das aparições de Fátima.

Serão emitidos cerca de 150 mil exemplares, cada uma com um valor facial de 2,50 euros, na moeda intitulada “100 anos das Aparições de Fátima”. Ao todo, a emissão da moeda em liga de cuproníquel (liga de cobre e níquel) está avaliada em 375 mil euros.

No reverso, esta moeda terá a imagem da Virgem, tal como José Thedim a concebeu, com o rosário, a azinheira e a coroa.

Há outras duas emissões que serão integradas. Serão emitidas 60 mil moedas “Siza Vieira” em liga de prata, com um valor facial de 7,50 euros, que é integrada na série Arquitectura Portuguesa. O símbolo utilizado é a entrada da igreja de Santa Maria, em Marco de Canavezes.

A outra emissão diz respeito à série “Maravilhas da Natureza”,  referente a Madeira. O limite desta emissão é 60 mil moedas, em liga de prata, e igualmente com um valor facial de 7,50 euros.

As características destas moedas foram autorizadas em abril deste ano, pelo secretário de Estado do Tesouro, Álvaro Novo. A Imprensa Nacional.

Parte do produto da venda desta moeda apoiará uma causa social: o Centro de Aprendizagem Especial João Paulo II.

Mais notícias