CDU: “A derrocada na levada do Pico do Cardo de Dentro poderia ter sido evitada”

A CDU diz que se a autarquia do Funchal tivesse feito o seu papel fiscalizador e teve levado em linha de conta os alertas deixados pelo partido e pelos munícipes a derrocada do muro poderia ter sido evitada.

A CDU diz que se a autarquia do Funchal fizesse o seu papel fiscalizador a derrocada do muro que ocorreu na Levada do Pico do Cardo de Dentro poderia ter sido avisado.

“Ainda no início deste ano, moradores deste Sítio confrontaram novamente a Autarquia para o risco eminente de derrocada e para a falta de segurança que os que utilizam diariamente o percurso na Levada”, denuncia a CDU.

O partido acrescenta que a resposta da Câmara Municipal, a estes alertas, foi acompanha de um ofício enviado pela empresa Tecnovia, em que se dizia que se “constata que a evolução das deformações no muro são praticamente desprezíveis, sugerindo que a estrutura em causa se encontra estável, não havendo por isso motivos que justifiquem uma intervenção no imediato”.

“Estas afirmações são lamentáveis e repudiáveis, porque a competência fiscalizadora da autarquia deveria ter sido exercida de outra forma”, critica a CDU. O partido lamentou que os alertas tanto da CDU como dos munícipes para o perigo de derrocada deste muro “não tenham sido levados em linha de conta”.

O partido exige que se apure responsabilidades para que “situações como estas não voltem acontecer”.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB