Cavaco Silva: “Sempre prestei contas dos cargos públicos que exerci”

Este livro é uma prestação de contas aos portugueses, para que estes "tenham um juízo objectivo e esclarecido sob a forma como exerci a defesa do supremo interesse nacional", disse o ex-presidente da República.

cavaco silva

No discurso de lançamento do seu livro “Quinta-feira e outros dias”, que faz o balanço de 10 anos do exercício do cargo de Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva começa a salientar que “sempre prestei contas dos cargos públicos que exerci”, para explicar que este livro é uma prestação de contas aos portugueses, para que estes “tenham um juízo objectivo e esclarecido sob a forma como exerci a defesa do supremo interesse nacional”.

O ex-Presidente da República refere que no livro dá “o testemunho de partes importantes na minha magistratura para que os portugueses possam fazer o seu juízo informado e esclarecido sob a forma como exerci os meus dois mandatos enquanto Presidente da República”.

Cavaco Silva no Centro Cultural de Belém disse que este livro é essencial para compreender “o tempo complexo e conturbado nos 10 anos em que exerci as funções [de Chefe de Estado]”. Recordou iniciativas orientadas para a inclusão social para combater o abandono e o insucesso escolar, para o desenvolvimento regional”, entre outros. Nesse livro são relatadas conversas tidas com os primeiros-ministros que coabitaram com o seu tempo de Presidente da República, com destaque para José Sócrates.

Com quase 600 páginas, o livro foca-se essencialmente a coabitação entre 2006 e 2011 com o então primeiro-ministro socialista José Sócrates, com quem tradicionalmente se reunia às quintas-feiras. Apanha por isso a chegada da troika para resgatar o país.

No livro diz que “sempre recusou a política-espetáculo, tão cara a muitos políticos, por proporcionar notícias e fotografias, mas que não traz qualquer benefício ao país”. O que pode ser entendido como uma crítica subtil ao seu sucessor, Marcelo Rebelo de Sousa.

Os agradecimentos do ex-presidente da República são muitos. Começa por agradecer a Manuel Braga da Cruz, antigo reitor da Universidade Católica, que lhe apresenta o livro, agradece aos ex-colaboradores e sobretudo à família e à mulher a quem diz dever toda a sua carreira.

Ao lançamento do livro no CCB (numa sala com lotação esgotada) acorreram várias figuras importantes da sociedade portuguesa, como o ex-Presidente da República António Ramalho Eanes e a mulher, o ex-primeiro-ministro e líder da oposição Pedro Passos Coelho, a líder do CDS, Assunção Cristas, assim como os seus vice-presidentes Maria Luís Albuquerque (PSD e Adolfo Mesquita Nunes (CDS), o ex-ministro António Pires de Lima, presidente da Fundação Champalimaud Leonor Beleza, outros políticos como Teresa Morais, Teresa Leal Coelho, Fernando Negrão, e Nunes Liberato, ex-chefe da Casa Civil. Manuela Ferreira Leite e Bagão Félix também estavam presentes.

Cavaco Silva deixou a Presidência da República a 9 de março de 2016, ao fim de dez anos.

  • antonio lourenço

    A MUMIA AINDA RESPIRA?

    • Jack Torrance

      Ganhou 5 eleições e conseguiu em legislativas resultados que nenhum outro partido ou coligação conseguiram.

  • Born in 1960

    Prestar contas? Então explica as ações do BPN?

    • José, Província

      Fez um bom negocio, mas com ações havia melhores, o que há a explicar. Vendeu muito tempo antes de rebentar seja o que for em 2003. Muitos fizeram esse negocio.

      • O manjerico.

        Um negócio de ladrão porque lhe facultaram o papel a um preço ultra-vantajoso, ele e a filha foram 2 ladrões. Pode ser que um dia isso ainda venha a ser investigado pela justiça.

    • armindo

      já pediste para explicar ó Socrates como tinha tanto dinheiro sem ser em nome dele? Esse sim enterrou o país na maior bancarrota

      • Born in 1960

        Sócrates já deu as explicações dele, em conferência de imprensa. Agora o Tribunal é que tem de provar que aquele dinheiro é dele.
        Bancarrota? estará a falar na de 1892, que acabou de ser paga nos anos 90 do sec.XX.

        • armindo

          Então porque foi o Socrates chamar o FMI? Era porque estava o país bem de finanças? Ou era porque só havia dinheiro para 1 mês de salários para a função pública?! Ele explicou a maneira dele, mas como ninguem anda cego e vê a CM TV as escutas dizem tudo! Agora queres comparar o Cavaco a Socrates está boa Cavaco é um santo visto com Socrates

          • Born in 1960

            Cavaco faz lembrar Al Capone.

          • armindo

            Pois só a ti, a mim não e é o que interessa. Quanto à Bancarrota já vi que perdeste o piu, coitadinho

          • Born in 1960

            Bancarrota? Só se for a de 1892, que acabou de ser paga na decada de 90.

          • armindo

            Então diz porquê que Socrates chamou o FMI? Será que o país estava a nadar em dinheiro ou só tinha dinheiro para 1 mês de salários para a FP

  • José Silva

    Muito bem sr.Presidente e parabéns pelo êxito que o livro irá ter sem duvida nenhuma. Como não se pode agradar a todos uns gostaram da s/gestão outros não assim como o atual, uns gostam outrosd não gostam e assim será e como estramos felizmente num País democrática serão sempre aceitáveis as opiniões.

    • Pirocas and so on

      Como não vales um c.r.lho enquanto pessoa e especime raro resta-te a arte de bem lamberes a pissssa , continua que o velhadas é capaz de morrer a vir-se

      • José Silva

        O ordinário, fascista ou ainda pior do que isso, volta a insultar. Culpa é deste diário não o cortar de dizer tantas asneiras e tantos insultos gratuitos. ´É evidente qu ele não é de esquerda porque se o fosse a esquerda dos democratas que aqui opinão perderiam 99% de apoiantes, com a ordinarice deste, que nem digo o nome porque ele até o omite.

        • Pirocas and so on

          As verdades doem.

          O meu nome para ti é Senhor

  • Arroz

    Algum capítulo ou referência as acções que tinha no BPN?

    • José, Província

      Não porque ele nunca teve ações do BPN e tudo foi antes de ser PR.

      • O manjerico.

        Antes de ser PR pode ter roubado ???

    • Born in 1960

      Vendeu-as por um preço a que mais ninguém conseguiu vender.

      • José, Província

        Vendeu pelo preço que o comprador aceitou, alguns até conseguiram bem melhor.

        • O manjerico.

          Fez um negócio de ladrão, foi o que foi.

          E você que defende o ladrão é o quê ?

  • Nema Godinho

    Escrever ou dizer o que foi feito e a forma como o fez, neste momento e neste país actual não vale a pena dar-se a esse trabalho, conquanto possa falar com a consciência do que fez apenas será debochado perante uma plateia do pós-verdade!

  • martinhopm

    No meio de tudo isto, uma só dúvida me assalta: será que as pensões que recebe serão suficientes para uma vida digna do homem que nunca se engana e raramente tem dúvidas?

  • Born in 1960

    Se estamos numa de apresentar contas: O que aconteceu às toneladas de ouro de Portugal que mandou para um banco americano, em 1989, e este faliu logo a seguir?

    • violas

      Evaporaram. 17 toneladas de ouro. Caso Drexel Burnham. Primeiro Ministro: Sr. Silva; Ministro das Finanças: Braga de Macedo; Governador do Bando de Portugal: Tavares Moreira.

      Estes três da vida airada lesaram impunemente o erário público em cerca de 550 milhões de euros.
      SALAFRÁRIOS

  • José, Província

    Cavaco nunca teve ações do BPN mas sim da SLN e vendeu em 2003, 3 anos antes de ser PR e 5 anos antes do BPN rebentar.

    • O manjerico.

      Você para além de salazarista, não me diga que também é cavaquista !

      • José, Província

        Nem uma coisa nem outra. Diria que sou “verdadista”!

        • O manjerico.

          Você desmente mas porta-se como um salazaista e um cavaquista.

          • José, Província

            Não tenho culpa que a sra seja uma radicalista, estalinista e benfiquista.

          • O manjerico.

            Eu porto-me como tal e assumo, coisa que você não sabe sequer fazer.

          • José, Província

            Esqueci-me de dizer que a sra era também fascista adepta da Le Pen.
            Eu porto-me como José (eu) e como mais ninguém.

          • O manjerico.

            Você nem sequer é Fascista. É apenas um fascistinho.

          • José, Província

            Nem “ista” nem “inho”.

          • O manjerico.

            Então assume ser fascista.

          • José, Província

            Agora é a sra de Fátima está as ser malabarista ou será mesmo vigarista.

          • O manjerico.

            Não minta. Diga a verdade que é melhor para si.

          • José, Província

            Parece que está falar para o Centeno!

          • O manjerico.

            Estou a falar para si, José.

            Não minta, é melhor para si dizer a verdade.

          • armindo

            hà algum mal em ser cavaquista? Que eu saiba estamos num pais democratico! Ou alem de estupido tambem é ditador!

    • david

      Para esclarecer: Cavaco Silva foi accionista da Sociedade Lusa de Negócios (SLN) detentora do Banco Português de Negócios (BPN) entre 2001 e 2003, altura que ainda não era Presidente da República. Ao sair teve um ganho de 147,5 mil euros. A sua filha Patrícia também teve acções da SLN e lucrou ainda mais ao sair: 209,4 mil euros.

      • Born in 1960

        Cavaco Silva comprou 105.378 acções da SLN a um euro cada em 2001. Em Dezembro de 2003, vendeu-as a 2,4 euros, com um lucro de 147.500 euros.

        • Born in 1960

          A filha de Cavaco Silva também ganhou 209.400 euros. Na altura em que o Banco de Portugal começou a investigar o se passava no BPN. Cavaco e a filha resolveram vender as acções.

    • O manjerico.

      Afinal você também é um cavaquista de m€rda.

      • José, Província

        Com esses “istas” não vai a lado algum sra de Fátima.

        • O manjerico.

          Retrate-se.

          • Jack Torrance

            Tire uma selfie.

          • José, Província

            Não sei desenhar lá muito bem, é como a musica, não é comigo!

          • O manjerico.

            Não minta. Fale sempre a verdade.

          • José, Província

            Está a falar para o Centeno e para o PM.

          • O manjerico.

            Para si, José.

      • Jack Torrance

        Quando não se alinha pela mesma cartilha ideológica, os esquerdalhos passam para o insulto. Eis a sua forma de estar em democracia. Eis o conceito que eles têm de democracia.

    • O manjerico.

      Você é mentiroso. Leia as explicações de “david” e de “Born in 1960”.

      Retrate-se.

      • José, Província

        As explicações do David só me dão razão, as do 1960 são como as suas não dá explicações nenhumas e mente quanto às ações que ele tinha tal como a senhora mente, também é mentirista a sra de Fátima.

        • O manjerico.

          Não seja mentiroso. Retrate-se.

    • O manjerico.

      O cavaco, um fascistóide que se alambazou mais a sua filha com uma negociata no
      BPN, que disse que a reforma não lhe chegava para as despesas, um bom
      fascista que apoiou oo Passos no seu ataque ao povo português, não
      merece o mínimo respeito.

      • José, Província

        Mas qual BPN agora também é taxista, ele nunca foi acionista do BPN.
        Ele também apoiou socrates que foi bem pior.

        • O manjerico.

          Foi da SLN que detinha o BPN. Como a tramóia do ppd foi com o BPN, refere-se a tudo como BPN, e você sabe isso muito bem.

          Ele apoiu Sócrates até deixar de apoiar Sórates. Mas a passos manteve-se sempre com uma mão debaixo do rabinho do fascista, seu irmão político.

          • José, Província

            A SLN detinha o BPN não era o BPN. A tramoia do BPN (nacionalização foi do socrates que estava no governo e veja lá esqueceram e nacionalizar a SLN.

            O socrates foi-se porque se demitiu, por acaso foi um erro de Cavaco ter mantido o socrates até ele se demitir. Manteve Passos como manteve socrates e como o Marcelo mantém Costa.

          • O manjerico.

            cavaco protegeu e apoiou Passos na sua política de empobrecimento, como um bom fascista que ajuda outro fascista.

        • José Silva

          Na politica há muita memória curta. Repare que agora a geringonça – nova Troika, desde que mentiras, corrupção, austeridades, etc etc, venha das esquerdas reunidas eles não as contestam e recebem-nas de braços abertos e satisfeitos, a exemplo dos 3 Países comunistas que ainda existem no mundo – Cuba, Venezuela e Coreia do Norte da Lei da rolha, da fome e miséria, embora em Portugal nunca isso irá acontecer, porque os democratas são larguissima maioria.

  • O manjerico.

    Reforma não chega para as despesas ? Hein, seu fascista ?

    • Jack Torrance

      Seu comuna. Andor prá Venezuela ou prá Coreia do Norte.

  • O manjerico.

    Este fascistóide que se alambazou mais a sua filha com uma negociata no BPN, que disse que a reforma não lhe chegava para as despesas, um bom fascista que apoiou oo Passos no seu ataque ao povo português, não merece o mínimo respeito.

    • Jack Torrance

      Não merece o seu, mas mereceu o respeito daqueles que em quatro eleições lhe deram votações acima dos 50%.

      • Jcesar

        Pois, de facto conseguiu enganar muita gente, durante tempo demais.

        foi um mau PM, e pior PR, como tal é o primeiro PR que se vê na necessidade de dar explicações sobre a sua atuação como PR, mais uma vez a tentar enganar os Portugueses como o fez tempo demais, só no 2º mandato como PR começaram a perceber a farsa que o homem foi como político, basta reparar que foi o PR que acabou o mandato com menor popularidade de sempre.

        20 anos à frente dos destinos de Portugal, 10 como PM, com 2 maiorias absolutas, condições únicas, porque os Governo até aí o máximo que duravam era uns 2 anos, e desperdiçou essa grande oportunidade. e 10 como PR.

        • Jack Torrance

          Nesse período o Sócrates ainda era muito novo para ser 1.º ministro. Se tivesse sido, tenho a certeza que hoje seriamos uma espécie de Noruega do Sul da Europa.

          • Jcesar

            Pesquisa os resultados dos 2 primeiros anos do Governo de Sócrates, antes da grande crise económica de 2008, que vais ver que os resultados foram bem melhores que as previsões, depois aconteceu o que aconteceu em todos os Países Europeus, onde as dívidas públicas galoparam, e em alguns Países bem mais que em Portugal, mas basta pesquisar para ficares a saber.

      • Zé do nabão

        Só porque o PS se dividiu com dois candidatos. Analise bem, pf!…

  • Born in 1960

    Cavaco Silva, a seguir a Salazar, foi o português que mais tempo esteve à frente dos destinos de Portugal.

    • Jack Torrance

      Nos últimos 20 anos o PS esteve 15 no poder e veja a bela meerda em que nos encontramos.

      • Born in 1960

        Meerda por Meerda podem-na levar toda, seja de esquerda ou de direita. Temos o país no estado em que está graças a esta gente, que ainda quer que o povo lhe agradeça.

      • José Silva

        … Fez foram bancas rotas e depoios quem veio salvar o País passaram a ser os maus da fita. O lema deles é: quem vier atrás que se lixe. Assim é muito gácil ganhar eleições com o n/povo que politicamente não consegue discernir entre uns e outros, muito embora reconheça que politicos TODOS querem é tacho para eles, familiares e amigos. Dão umas esmolas a pobres reformados e estes agradecem !!!!!!

    • José, Província

      Com 4 maiorias absolutas dadas pelo eleitorado.

    • Pirocas and so on

      Mas ao contrario do querido salazar, esta mumia vai morrer com as contas bancarias fartas…

  • O manjerico.

    cavaco = Fascista.

  • xiiiiiiiiiiiiiiiiii

    Triste figura, rancoroso.

  • O manjerico.

    cavaco não merece o respeito do povo português.

  • Horácio Pires Santos

    Será não falta qualquer coisinha para explicar?. Faça lá um esforço e saque lá outras coisas da sua memória!

  • O manjerico.

    Este cavaco é bem um símbolo do ppd: fascista e mentiroso.

  • Born in 1960

    Declarações de um Inspetor das Finanças em sede de Tribunal.

    Oliveira e Costa vendeu, em 2001, a Cavaco Silva e à sua filha 250 mil ações da Sociedade Lusa de Negócios, a um euro cada, quando antes as adquiriu a 2,10 euros cada à offshore Merfield. As ações que foram compradas em 2001 por um euro foram vendidas em 2003 por 2,40 euros. As mesmas não estavam cotadas em bolsa. Foi Oliveira Costa que decidiu que seria este o preço a pagar ao seu ex-primeiro-ministro: 147,5 mil euros. Já Patrícia, sua filha, com mais ações, lucrou 209,4 mil euros. Quem comprou as ações foi a própria SLN Valor, maior detentora da SLN.

  • O manjerico.

    Um rematado fascista este cavaco.

  • Afonso António

    Sempre prestou contas dos cargos públicos que ocupou ..coitado! Se o tivesse feito não tinha necessidade de vir agora dar explicações sobre as célebres quintas feiras..onde fala das conversas que tinha com os primeiros ministros. Este homem seria mais honesto se falasse das vezes que foi cúmplice de uma série de amigos que alojou no poder que devem prestar contas à justiça ..criaram, bancos para os roubar, praticaram a fraude , peculato, evasão fiscal, assassinato , etc. Praticaram uma série de crimes debaixo das suas barbas. Que diga aos Portugueses onde estava nessa altura e onde eram feitas as reuniões da pirataria . !? Se quer falar do caráter dos ministros, então que fale dectodos os que foram ministros dele. Que seja sério e fale de todos, já que tanto apregoa a honestidade e s lealdade.

  • O manjerico.

    Dizia o s@cana que a reforma (€10.000) não lhe chegava para as despesas… num país como Portugal onde quase metade é extremamente pobre.

    E foi aí que perdeu o respeito, que já era muito pouco, do Povo.

    Um estúpido rematado.

  • O manjerico.

    cavaco, um ppd TOTAL: fascista e mentiroso.

  • vast

    sempre prestas-te contas..?? tu nunca na vida vais conseguir pagar o mal que fizeste aos portugueses…!!!

    agora vem dizer que não se podia confiar no socrates…!!! e em ti…!! alguem podia confiar….??? tu nunca despiste a camisola..!! estiveste sempre com o governo PSD para todo o mal que nos fizeram…!! e agora vens com moralidades…!!!

  • Carlos Costa

    Cavaco Silva o maior cidadão portugués ainda vivo.O ÚNICO,eleito pelos portugueses.com TRÊS MAIORIAS ABSOLUTAS.Obrigado Sr Professor,por tudo o que fez por Portugal e pelos portugueses.Desejo-lhe vida longa!!!! A história encarregar-se-à de o colocar no lugar que merece,por direito próprio!!!!

    • A verdade

      Será que já marcou lugar no panteão?

    • Lucinda

      Os fraquíssimos índices de popularidade da pessoa, a acrescentar à descida conseguida com esta publicação, não concordam consigo, sendo melhor rever também a sua posição.

  • Miguel Barreto

    só falta prestar contas do IMI que ficou por pagar

  • Zé do nabão

    Oh xr. prof.: O xr. estava tão bem calado!… Porque é que não continuou calado? É que estava quase, mas quase mesmo, ESQUECIDO! Tocou no trombone, de certo que vem ai muita musica!..

  • violas

    1989 – Três grandes amigos: o Primeiro-Ministro: Sr. Silva; o ministro das Finanças: Braga de Macedo e o Governador do Bando de Portugal: Tavares Moreira, decidem enviar para um banco americano , Drexel Burnham, 17 toneladas de ouro.

    1990 – O banco abre falência. O erário público é lesado em mais de 550 milhões de euros.

    Isto tudo com a conivência do economista que de tudo desconfia.

    Tenham vergonha salafrários.

  • Glorioso

    presta contas das acções do BPN, da tua casa na praia da Coelha

  • Alberto Martins

    Ja ficava satisfeito se cavaco explicasse com fazer para umas acçoes valorizarem 147% em 2 anos…

  • PALAVRA DEMOCRATA

    Este professor de economia, ex-pm e ex-pr, É O GRANDE RESPONSÁVEL PELA VINDA DA TROIKA.
    1.º – Em plena Crise Financeira Internacional, deu posse a um governo minoritário sem apoio parlamentar e, como presidente, foi INCAPAZ de criar CONSENSOS POLITICOS para a estabilidade de Portugal;
    2.º – Apesar de formado em economia, esteve-se nas tintas para que os juros sobre a dívida pública subisse em flecha, ao ACEITAR E FOMENTAR uma Crise Política no país em cima da Crise Financeira Internacional;
    3.º – Com o seu sentido de oportunidade, APADRINHOU a ascensão de Passos Coelho a pm e ajudou a FORÇAR a vinda da Troika;
    Agora quer voltar à cena política armado em escritor, mas MERECE SER IGNORADO!
    POR FAVOR NÃO COMPREM O LIVRO!!!
    POR FAVOR NÃO COMPREM O LIVRO!!!
    POR FAVOR NÃO COMPREM O LIVRO!!!

    • A verdade

      Eu vou comprar pois preciso de papel higiénico.

  • Lemmy

    Este senhor vai poder gozar as três reformas, mais as mais valias retiradas do BPN, na Quinta da coelha, numa vivenda que permutou por um apartamento na Amadora, ao contrário dos milhões de portugueses a quem destruiu a vida.

  • Carlos Costa

    Cavaco Silva um Homem com H grande,inpoluto,sério,honesto,incorruptível.Ao contrario dos escroques que pululam hoje por aí,no assalto ao poder!!!!!

    • Lucinda

      Os fraquíssimos índices de popularidade da pessoa, a acrescentar à descida conseguida com esta publicação, não concordam consigo.

  • A verdade

    Este livro é comparado ao que escreveu o arquiteto/jornalista Saraiva.
    A diferença é que esta criatura utilizou um cargo político para divulgar conversas privadas que teve enquanto exerceu esses cargos. Não me lembro que outro presidente o tenha feito.
    O tipo saiu do cargo sem deixar saudades, utilizou o poder de forma tendenciosa e partidária agora vem tentar limpar-se da sujeira que foi Belém enquanto lá esteve.
    Será que a SIC vai recuperar a múmia? Não vai ser surpresa.

    • Lucinda

      COMPLETAMENTE de acordo.
      Ele vem tentar limpar-se, mas sai muito mais sujo e diminuído desta infeliz e tentativa

  • Andrioleta Emengarda Mannetta

    Estou a ler o livro com muita atenção. Fui das primeiras conseguir comprar o livro e até consegui um autografo do Ex.mo Senhor (ex- presidente da Republica) Aníbal António Cavaco Silva.
    Mas estou um pouco defraudada. Já vou na pagina 300 do grandioso livro e … nada. Esperava mais deste livro que é um autentico “Best Celler”. Ainda não consegui descobrir nada sobre o famoso caso SLN e BPN ou sobre as suas ligações “estreitas” a Oliveira e Costa, Dias Loureiro, Herdade da Coelha… entre outros.
    Até agora é só escarne e maldizer (por um lado) e endeusamento á sua própria pessoa.
    Para quem criticou com tanto afinco o “Marcelfy” era para fazer muito melhor neste livro.
    Defraudou as minhas expectativas em relação a si Sr. Silva. Esperava muito mais que criticas ao 44, feitas fora de horas por causa da porcaria da sua reeleição. Só pensou no seu bem Sr. Silva, embora todos saibamos que as suas reformas não chegam para nada e que o Sr. vive com dificuldades esperava que este livro fosse melhor.
    Assim vai vender pouco e não vai conseguir amealhar uns euritos para juntar á sua magra reforma.
    Tenho dito !

  • Voto contra

    E dos atos privados Sr. Cavaco ! por exemplo BPN quinta da Coelha e IMI.

  • Alberto Martins

    Eu gostaria mais que ele prestasse contas sobre as acções SLN/BPN que valorizaram em 2 anos 147% á custa do preço de venda e de recompra feitos á medida pelo oliveira e costa seu Secretário de Estado.
    Ou como fazer permuta de um barracão a cair de podre com uma vivenda luxuosa e poupar nos impostos…
    Ou ainda como são elaborados os seus planos de poupança quano as várias reformas nem dão para as despesas.
    Assim trata-se de um livro de mexericos de escárnio e mal dizer daquelas tias que se juntam para um chá…antes uma novel mexicana.

    • Alberto Martins

      Assim de repente lembrei-me…cavaco algum dia explicou com foi o causador do crash da bolsa de Lisboa quando veio dizer na TV que as pessoas andavam a comprar gato por lebre na bolsa?
      Não me lembro dessa prestação de contas…