Catalunha: Milhares concentram-se em Madrid contra independência

No local, onde uma enorme bandeira espanhola flutua no topo de um mastro, alguns manifestantes anti-independência levantaram cartazes em que pedem "Prisão para Puidgemont", o presidente do governo catalão responsável pela declaração de independência.

Milhares de pessoas concentram-se desde hoje de manhã na Praça de Colombo, em Madrid, erguendo bandeiras espanholas em protesto contra a declaração de inpendência da Catalunha.

No local, onde uma enorme bandeira espanhola flutua no topo de um mastro, alguns manifestantes anti-independência levantaram cartazes em que pedem “Prisão para Puidgemont”, o presidente do governo catalão responsável pela declaração de independência.

O parlamento regional da Catalunha aprovou na sexta-feira a independência da região de Espanha, numa votação sem a presença da oposição, que abandonou a Assembleia Regional e deixou bandeiras espanholas nos lugares que ocupavam.

Quase ao mesmo tempo, em Madrid, o Senado aprovava a intervenção na autonomia catalã, tendo o Governo espanhol reunido em seguida para aprovar as medidas para restituir a legalidade institucional na região.

O Governo central anunciou ao fim do dia de sexta-feira a dissolução do parlamento regional, a realização de eleições em 21 de dezembro próximo e a destituição de todo o Governo catalão, entre outras medidas.



Mais notícias