Casa de nascimento do Hitler vai ser remodelada (e vai tornar-se algo muito bom)

Estado pediu que a propriedade fosse expropriada e, apesar da recusa da ex-proprietária Gerlinde Pommer, o tribunal decidiu retirá-la argumentando que a expropriação ajudaria a garantir que o prédio não se transformasse num santuário nazi.

A casa de nascimento do Hitler vai ser remodelada e utilizada por uma instituição de caridade, decidiu hoje o Tribunal Constitucional da Áustria, de acordo com a BBC News.

O Estado pediu que a propriedade fosse expropriada e, apesar da recusa da ex-proprietária Gerlinde Pommer, que queria explorar a propriedade, o tribunal decidiu retirá-la argumentando que a expropriação ajudaria a garantir que o prédio não se transformasse num santuário nazi.

O site alemão Spiegel avançou que o governo austríaco tem vindo a pagar cerca de 5 mil euros mensais como renda à senhoria, que ainda receberá uma compensação no âmbito da lei da expropriação.

As autoridades querem remodelar a propriedade e oferecê-la a uma instituição de caridade que apoia pessoas com dificuldades.

O ditador nazi nasceu numa das salas do último andar do prédio, perto da fronteira austro-alemã, em 20 de abril de 1889. Apesar de Adolf Hitler ter morado lá por breves meses, a casa foi alvo de interesse para turistas e seguidores do nazismo.



Mais notícias