Campos de golfe da Madeira geraram 2,3 milhões de receitas

O número de voltas nos três campos de golfe da Região Autónoma da Madeira aumentou mais 33,5% em 2015, comparativamente com 2015.

Campos de golfe

O inquérito aos referidos campos de golfe (Clube de Golf Santo da Serra, Palheiro Golf e Porto Santo Golfe) revela a realização de 60.488 voltas, as quais geraram cerca de 2,3 milhões de euros de receitas.

No global das voltas, evidência para o facto de 72,5% terem sido realizadas por não sócios, provenientes, na sua maioria, dos países nórdicos, do Reino Unido e da Alemanha.

A nível de vendas, 58,5% das voltas foram comercializadas por estabelecimentos hoteleiros e afins, 23,2% por operadores turísticos e os restantes 18,4% pelos próprios campos de golfe.

Comparativamente com 2015, a venda de voltas pelos próprios campos de golfe desceu, por contrapartida com os “estabelecimentos hoteleiros e afins” que passaram a ser o canal de comercialização privilegiado desta modalidade.