“Brutal e corrupto”: Trump acusa regime iraniano e diz que os EUA estão atentos

O presidente norte-americano diz que os EUA estão atentos à situação no Irão onde pelo menos 20 pessoas morreram e várias centenas foram detidas na manifestações desde quinta-feira.

As manifestações no Irão contra as condições económicas criadas pelo Governo de presidente Hassan Rouhani voltaram a ser motivo de atenção por parte do presidente norte-americano Donald Trump.

O republicano já tinha apelado, no Twitter, a uma mudança no Irão e dito que o país está a falhar a todos os níveis e que o povo foi reprimido. Esta terça-feira, após notícias sobre a morte de mais nove pessoas nos protestos, levando o total para pelo menos 20 vítimas, Trump voltou à rede social para falar do tema, reiterando as críticas aos regime iraniano, mas aproveitando também para acusar o seu antecessor na Casa Branca, Barack Obama.

“O povo iraniano está finalmente a agir contra o brutal e corrupto regime iraniano. Todo o dinheiro que o presidente Obama de forma insensata lhes ofereceu foi para o terrorismo e para os seus ‘bolsos'”, escreveu Trump.

“Os iranianos têm pouca comida, muita inflação e nenhuns direitos humanos. Os Estados Unidos estão atentos!” sublinhou.






Mais notícias
PUB
PUB
PUB