Bolsa tomba ao sabor da banca e da indústria

O PSI 20 caiu 1,48% para 5.118,82 pontos, acompanhando o comportamento geral das praças europeias. Nos índices globais as perdas somaram -1,57% no EuroStoxx 50 que fechou nos 3.584,83 pontos e o Stoxx 600 perdeu 1,20%.

Daniel Munoz/Reuters

O PSI 20 caiu 1,48% para 5.118,82 pontos, acompanhando o comportamento geral das praças europeias. Os principais índices europeus fecharam no “terreno encarnado”. Os “bons números” macroeconómicos nacionais estão a passar ao lado dos investidores.

Por cá o índice teve apenas três títulos em alta – CTT (+2,10%); Sonae Capital (+0,41%) e EDP Renováveis (+0,03%).

Na vasta lista de quedas destacam-se a Pharol (-3,40%); A Corticeira Amorim (-3,17%); as UP do Montepio (-2,63%); a Navigator (-2,55%); a Sonae (-1,90%); a Galp (-1,54%); a NOS (-1,42%); a Mota Engil (-1,15%) e o BCP que atenuou as quedas no final de sessão mas fechou a perder 1,03% para 21,07 cêntimos por ação. O banco liderado por Nuno Amado parece estar a desafiar os analistas que reviram em alta os preços-alvos, desde que estes subiram as ações começaram a cair.

A banca foi também o lado negro da bolsa Madrid. O Ibex 35 caiu 1,79% liderada pelos títulos do Bankia (-4,26%) e do Banco Popular (-4,16%). Há uma possibilidade de fusão entre estas duas entidades no horizonte.

Na Alemanha o Dax fechou nos 12.631,61 pontos (-1,35%); o índice londrino caiu 0,25%;  o CAC 40 num depois de ter sido anunciado o nome do primeiro ministro francês e do restante governo perdeu 1,63%; Holanda também perdeu 1,63%; Milão caiu 2,31%.

Nos índices globais as perdas somaram -1,57% no EuroStoxx 50 que fechou nos 3.584,83 pontos; o Stoxx 600 perdeu 1,20%.

Na Europa foi dia de divulgação da inflação. A taxa de inflação homóloga da zona euro foi de 1,9% em abril, valor que compara com os -0,2% do mesmo mês de 2016 e os 1,5% de março, divulga hoje o Eurostat. O valor da inflação aproxima-se da meta de Mario Draghi e isso pode querer dizer que o Quantitative Easing (política de compra de ativos do BCE) se aproxima do fim.

O gabinete de estatísticas da UE referiu que os países onde os preços mais aumentaram a inflação foram a Estónia (3,6%), a Lituânia (3,5%) e a Letónia (3,3%) e os países com menores taxas de inflação homóloga em abril foram a Roménia (0,6%), a Irlanda (0,7%) e a Eslováquia (0,8%).

Em Portugal, a taxa de inflação homóloga foi de 2,4% em abril, acima dos 1,4% registados em março e dos 0,5% de abril de 2016.

No mercado do petróleo, destaque para a subida de 1,57% do Brent em Londres para 52,46 dólares.

Nos EUA, o petróleo West Texas sobe 1,29% para 49,29 dólares.

 

PUB
PUB
PUB