BES leva ao tribunal mais de 1500 processos

Os números foram revelados pela comissão liquidatária do Banco Espírito Santo, e podem aumentar.

BES Av Liberdade Lisboa

O processo de falência do BES tem mais de 1500 processos nos tribunais. Segundo o Diário de Notícias, 50 processos querem a anulação da medida de resolução tomada pelo Banco de Portugal em 2015, 1225 são ações cíveis, sendo que a maioria são pedidos de indemnização a antigos administradores, ao banco, e a reclamações de crédito. Há ainda sete inquéritos-crime relacionados com a gestão do banco – seis estão a ser analisados no Departamento Central de Investigação e Ação Penal e um está no Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa –  somando 200 queixas particulares.

Com estes números os juízes e advogados já se mostraram pouco confiantes de que o desfecho do caso possa ficar resolvido a médio prazo, favorável aos credores. “Tendo em conta a dimensão do processo, muito provavelmente o Conselho Superior da Magistratura terá de tomar medidas de gestão do processo”, explicou João Paulo Raposo, secretário-geral da Associação Sindical dos Juízes, ao DN.

“A idade média dos nossos associados é de 60 anos. Se estivéssemos à espera de uma decisão dos tribunais, como nos disse o anterior primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, muitas dessas pessoas já teriam morrido”, disse Ricardo Ângelo, presidente da Associação dos Lesados do Papel Comercial, citado pelo jornal.

 

Mais notícias