BE Madeira congratula-se com aprovação da proposta sobre subsídio de mobilidade

O grupo parlamentar do BE Madeira diz que esta aprovação "abre caminho" a que os residentes na Região paguem apenas o valor da viagem acrescentando que este documento "vai facilitar a mobilidade" dos cidadãos da Região Autónoma com o Continente.

O grupo parlamentar do BE Madeira, congratulou-se, esta sexta-feira, com a aprovação na Assembleia da República, da proposta, elaborada pela Assembleia Regional, que previa alterações ao modelo do subsídio de mobilidade.

O BE Madeira refere que esta aprovação “abre caminho” a que os residentes nesta Região “apenas paguem o valor que lhes é imputado aquando da compra de viagens entre a Madeira e o restante território nacional”.

A aprovação desta proposta, defende o grupo parlamentar do BE Madeira, “é de extrema importância porquanto facilitará a mobilidade dos cidadãos desta região autónoma dentro do país”.

“Este modelo foi defendido já em 2015 pelo BE, tendo sido o primeiro partido a apresentar propostas legislativas com este objetivo quer na Assembleia Regional como na da República”, reforça.

Os bloquistas madeirenses dizem ainda que os partidos na Assembleia da República “em sede de discussão na especialidade não adulterem o essencial desta iniciativa e não protelem a tramitação normal deste projeto” num dossier que é “essencial para a Madeira e para os madeirenses”.

De referir que o PS Madeira já se tinha demarcado da posição do PS, que votou contra estas alterações, enquanto o PSD Madeira congratulou-se com a posição da Assembleia da República.






Mais notícias
PUB
PUB
PUB