BdP: atividade económica e consumo privado aumentam em janeiro

De acordo com os dados do Banco de Portugal, o indicador coincidente mensal para a atividade económica subiu para os 1,2% e o do consumo privado para os 2,5%, no mês passado.

Foto cedida
Foto cedida

Pelo segundo mês consecutivo, a atividade económica aumentou, sendo que o consumo privado também evoluiu positivamente, segundo os dados do Banco de Portugal (BdP), divulgados esta sexta-feira.

Após a estabilidade registada no terceiro trimestre de 2016 e da subida de dois pontos percentuais em dezembro, o indicador coincidente mensal para a atividade económica registou uma subida de 0,2% (para os 1,2%). Em novembro este indicador encontrava-se nos 0,8%.

Quanto ao indicador coincidente mensal para o consumo privado, aumentou para os 2,5% no último mês do ano, após ter assinalado igualmente um aumento de 0,1% em cada mês, de setembro a janeiro, conforme se pode verificar no gráfico abaixo.

“Em janeiro, o indicador coincidente mensal para a atividade económica voltou a aumentar, prolongando a tendência observada no quarto trimestre do ano passado. O indicador coincidente mensal para o consumo privado também registou um aumento, mantendo a trajetória ascendente iniciada em agosto de 2016”, pode ler-se no relatório da entidade bancária liderada por Carlos Costa.

Os indicadores coincidentes são indicadores compósitos que procuram captar a evolução subjacente da variação homóloga do respetivo agregado macroeconómico.

O gráfico abaixo representa a evolução dos indicadores coincidentes mensais calculados pelo Banco de Portugal e a taxa de variação homóloga dos respetivos agregados de Contas Nacionais Trimestrais divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística.

grafico

  • Born in 1960

    É o Diabo. Só pode ser o Diabo na economia.

    • ANONIMO

      Dizem que Passos Coelho começou aos pulos quando lhe cheirou a enxofre… mas quando soube que era só a nuvem tóxica do incêndio em Setúbal, voltou o desespero e telefonou logo aos camaradas Marques Mendes e Lobo Xavier para saber se havia novidades sobre os SMS…

      Por falar em SMS, quando é que o PSD se indigna e exige ver a correspondência trocada entre o Passos Coelho e a Tecnoforma?

      E quando é que o CDS ameaça com uma queixa criminal perante a falta de vontade do Paulo Portas mostrar a correspondência com a Ferrostaal?

      E quando é que o Cavaco Silva publica o 2º volume com as informações que faltam no “Quinta-Feira E Outros Dias”, por exemplo, as conversas que teve com os camaradas todos da SLN?

      TENHAM VERGONHA!!!

  • Voto contra

    Só acredito depois de ver os relatórios credíveis e assertivos da Drª Teodora,
    Já agora, há muito não aparece, será que anda aos papeis e aos SMS ou já se foi e não demos por isso !!!

    • Joao Ribeiro

      tem estado desatento porque em janeiro ela falou bastante calou se foi depois dos numeros apresentados

    • Born in 1960

      A Teodora veio desmentir Passos, quando este afirmava que o défice sem medidas extraordinárias ficaria nos 3,4%. Pois ela apresentou o défice de 2,6% sem medidas extraordinárias. Passos meteu a viola no saco e agarrou-se à CGD.

  • Alberto Martins

    Por isso a nulidade passos se agarra á CGD como uma lapa…
    “não há alternativa á austeridade pura, dura e extrema”.

  • O manjerico.

    A Aliança parlamentar Anti-fascista que apoia este Competente Governo de Esquerda continua a arrasar.

    Deixa é a direitalha fascista (ppd+cds) a espumar pela boca.

  • Revoltado

    Não tenho ouvido a Senhora da UTAO ? que lhe aconteceu? todos os dias estava aqui a criar o pânico…e agora ao menos devia acompanhar o BDP…

    • Born in 1960

      A Teodora veio desmentir Passos, quando este afirmava que o défice sem medidas extraordinárias ficaria nos 3,4%. Pois ela apresentou o défice de 2,6% sem medidas extraordinárias. Passos meteu a viola no saco e agarrou-se à CGD.