BCE comprou 568 milhões de euros de dívida portuguesa em maio

O valor divulgado esta segunda-feira pelo banco central liderado por Mario Draghi representa uma redução face aos 623 milhões de euros adquiridos em abril.

O Banco Central Europeu (BCE) comprou 568 milhões de euros em dívida pública portuguesa, em maio. Depois de um aumento no montante adquirido, em abril, a instituição liderada por Mario Draghi voltou à tendência de redução das aquisições.

O valor significa uma diminuição face aos 623 milhões de euros adquiridos em abril. 

Lançado em março de 2015 para estimular a inflação e o crescimento económico na zona euro, o programa já levou o BCE a adquirir 33.667 milhões de euros de dívida portuguesa, segundo dados divulgados esta segunda-feira pelo banco central. No total dos países do bloco, a instituições comprou 24.230 milhões de euros em maio e 2.04 biliões de euros desde o início do programa.

O BCE diminuiu o limite máximo para a compra de ativos para 30 mil milhões de euros por mês, a partir de janeiro, em comparação com os 60 mil milhões até dezembro. O programa está planeado até ao final de setembro e esta é a forma de a instituição liderada por Mario Draghi começar a preparar o mercado para o fim dos estímulos.

[Atualizada às 14h48]






Mais notícias
PUB
PUB
PUB