Barreiro: Agentes da PSP ficam sem almoço (cozinheiro está de férias)

Comando de Setúbal explica que o cargo de cozinheiro é voluntário e, apesar de a messe da PSP do Barreiro já ter contado com dois cozinheiros.

O Comando de Setúbal confirmou hoje que os agentes da PSP do Barreiro não vão ter o habitual almoço na esquadra pois o espaço das refeições foi fechado. A razão é simples, o cozinheiro foi de férias e não há substituto, de acordo com a TSF.

Contactado pela TSF, o Comando de Setúbal explica que o cargo de cozinheiro é voluntário e, apesar de a messe da PSP do Barreiro já ter contado com dois cozinheiros, actualmente existe apenas um responsável que sempre que falta ou tira férias faz com que os agentes tenham de almoçar nos restaurantes nas proximidades a um custo mais elevado do que o da cantina da esquadra.

A Associação Sindical dos Profissionais de Polícia no distrito de Setúbal, representada por António Loura, afirma que é o Comando quem tem de solucionar a situação e que a função de cozinheiro não pode ser voluntária já que se trata de uma “função que exige algum tipo de conhecimento e não existem pessoas com essa qualificação”.

O Comando responde ao sindicato explicando que não pode forçar agentes a exercer funções que não sejam policiais, sobrando apenas o voluntariado nas restantes áreas.

Mais notícias
PUB
PUB
PUB