Banca deverá reduzir mais de três mil postos de trabalho até 2020

Entre 2011 e 2016 desapareceram 6703 postos de trabalho do setor bancário em Portugal, divulga o jornal Expresso.

Entre 2011 e 2020 terão desaparecido dez mil postos de trabalho no setor bancário, noticia o Expresso.

A edição online do semanário, traça um panorama do mercado laboral dos cinco maiores bancos em Portugal e conclui que entre 2011 e 2016, foram eliminados 6703 postos de trabalho, sendo que até 2020 deverão ser eliminadas mais 3300 posições, o que perfaz os 10 mil .

O processo de reestruturação da Caixa Geral de Depósitos (CGD) que levará à redução de postos de trabalho, é sublinhado pelo Expresso, que assinala que até 2020 está previsto o despedimento de 2200 trabalhadores do banco estatal. Salienta ainda que entre 2011 e 2016, já deixaram a Caixa 1400 trabalhadores.

Segundo dados da Associação Portuguesa de Bancos (APB), citado pelo semanário, existiam 57 069 trabalhadores na banca em Portugal em 2011. Em 2015, este número já tinha sido reduzido para 9219 trabalhadores.