InícioNotícia escrita porVítor Norinha

vnorinha@jornaleconomico.pt

No caso dos despejos, o que se fez foi exercitar a função social do proprietário em substituição da função social do Estado.

A poupança é um dever cívico de uma sociedade onde a esperança média de vida cresce. No futuro a reforma assumirá um novo paradigma ou, pura e simplesmente, não existirá.

A liderança que hoje existe no PSD tem coisas diabólicas e nem é preciso lembrar o tema mediático dos combustíveis.

Como segurar esses riscos? O que está em causa para as cidades portuguesas?

A criação de um fundo sísmico está decidido. A Associação Portuguesa de Seguradores está agora a estudar a metodologia de implementação.

Como é que o risco pode afetar a geração e riqueza das cidades? Para responder a esta questão foi criado o Lloyd’s Index.

Na lista dos grandes riscos que poderão afetar a humanidade e a economia mundial, constam as alterações climáticas e catástrofes naturais, terrorismo e conflitos sociais, “crash” de mercado ciberrisco.

Atualmente, as alterações climáticas afetam todo o planeta e Portugal tem passado, sobretudo nos últimos anos, por cenários de gravidade assinalável.

PUB
PUB
PUB