InícioNotícia escrita porRenato Carmo, Sociólogo

A política dos atuais governantes soube perceber que para recuperar o país precisaríamos também de retomar a celebração e de festejar sem complexos de culpa.

Países europeus, como Portugal, caminham aceleradamente em direção a um desequilíbrio demográfico gritante para o qual a imigração pode e deve ser uma resposta possível para resolver parte desse problema.

Uma cidade que afasta os jovens do seu centro porque estes são precários e não detêm rendimento suficiente para a habitar, é uma cidade crescentemente desigual.

A composição assimétrica da estrutura salarial das empresas representa um dos motores mais determinantes para a persistência e o aumento da desigualdade social.

É fundamental para a Europa que a social-democracia se reinvente e reconquiste o protagonismo que teve noutros tempos.

Os nossos idosos vão sendo esquecidos quer nas aldeias paradas, quer nas cidades hiper-movimentadas. Não fazem parte dos circuitos da informação nem das redes sociais.

Não deve ser a escola a adaptar-se ao mercado de trabalho, pelo contrário, este é que se deverá adaptar aos requisitos de qualidade e de cidadania promovidos pelo sistema público de ensino.

'America first' representa a intensificação da polarização interna entre o povo americano e uma determinada elite da administração pública que, supostamente, não faz parte do povo.