InícioNotícia escrita porMarco Silva, Financeiro

O único princípio que trata todos por igual é o mérito e essa é a cura deste problema intemporal – o das desigualdades de oportunidades.

O ser humano é por definição imperfeito e cada um lida com as suas imperfeições à sua maneira, mas de forma generalizada existem padrões, nomeadamente o apaziguar da consciência com “acções boas” para contrabalançar com as nossas falhas.

Das 411 ações de formação, que abrangeram 6.822 formandos, nem uma é referente à incorporação ou utilização das novas tecnologias na prevenção e deteção precoce de fogos florestais.

Que destino poderá controlar se a sua opinião for manipulada ou se a sua casa, meio de transporte ou telecomunicações forem remotamente controlados por outros?

Se juntarmos a concentração do turismo em Lisboa a uma escassez de oferta do parque habitacional e a uma retirada de oferta para o turismo, concluímos que a distorção do binómio procura-oferta só podia gerar uma disfuncionalidade.

Um estudo mostra que 61% dos CEO estão preocupados com a cibersegurança, mas menos de metade dos conselhos de administração pede informação sobre o estado de preparação da empresa nesse campo.

Antes de se pensar em reestruturar a dívida pública por portas e travessas, temos que a tornar substancialmente mais interessante e de acesso generalizado.

A falácia de Passos em reequilibrar as contas mais pela despesa do que pela receita é evidente, no seu mandato as receitas correntes aumentaram mais de 10 mil milhões de euros, enquanto a despesa aumentou 800 milhões.