InícioNotícia escrita porMarco Silva, Financeiro

Um estudo mostra que 61% dos CEO estão preocupados com a cibersegurança, mas menos de metade dos conselhos de administração pede informação sobre o estado de preparação da empresa nesse campo.

Antes de se pensar em reestruturar a dívida pública por portas e travessas, temos que a tornar substancialmente mais interessante e de acesso generalizado.

A falácia de Passos em reequilibrar as contas mais pela despesa do que pela receita é evidente, no seu mandato as receitas correntes aumentaram mais de 10 mil milhões de euros, enquanto a despesa aumentou 800 milhões.

O futuro passará por uma maior interligação física com as máquinas, não em conflito, mas em parceria.

Como podemos competir com algo que não tem férias, não descansa, não tem tempo reservado para a família e não recebe ordenado?

Muitos estudantes não terão empregos para utilizar os seus cursos de eleição e nada está a ser feito para acautelar esse problema.

Está na hora de delinearmos uma estratégia para apoiar apenas, e sem reservas, os setores onde somos ou poderemos ser realmente competitivos.

“A promessa dada foi uma necessidade do passado, a promessa quebrada é uma necessidade do presente”.