InícioNotícia escrita porMafalda Simões Monteiro

O conceito de blockchain foi desenvolvido de raiz para constituir uma base segura e confiável para transações, e impedir a interferência de terceiros na sua utilização por empresas e particulares. A segurança é por isso indissociável da blockchain.

Nos vinhos, na pesca, no transporte marítimo, na banca e até no mercado dos diamantes. Tecnologia chega a múltiplas indústrias.

Uma única transação de bitcoin poderá usar tanta energia quanto uma casa americana durante uma semana. Governos ponderam a regulação.

Nasceu associada a uma criptomoeda, mas começa a ser aplicada em diferentes setores. Até 2022, acredita-se que o mercado aumente mais de 30 vezes, para mais de 6 mil milhões de euros.

Em 2018, a empresa vai reforçar a presença nas cidades em que já se encontra: Lisboa, Barcelona, Madrid e Roma.

As novas formas mobilidade, alternativas aos meios convencionais, identificam cidades inteligentes. Pataformas de partilha de alojamento ganham expressão.

O caso mais mediático poderá ser o do estudo sobre os incêndios de Pedrógão. Há múltiplas investigações em curso que podem ajudar no combate a emergências, em muitos casos com recurso a Sistemas de Informação Geográfica (SIG).

A disponibilidade do serviço de bicicletas foi alargada para 43 estações e o tempo de utilização em dois passes foi aumentado.