InícioNotícia escrita porLuís Parreirão, Gestor (Página 2)

Importa avaliar se, no passado, sempre se olhou para o conjunto, ponderando o todo e os “diversos todos” que se cruzam no universo família-empresa.

No universo empresarial familiar esta abordagem ganha uma nova dimensão e um novo alcance.

A Família Empresária, enquanto tal, deve caraterizar desenvolvida e detalhadamente os seus objetivos e, em consequência, identificar as ameaças e prever os mecanismos de resposta e de manutenção de atividade.

Nestas organizações, mais do que nas empresas, a adequação do modelo às características de cada família é determinante para o seu sucesso.

Cada caso é um caso e as especificidades de cada família determinarão quer a instituição, quer o formato da organização que se cria para gerir a riqueza e outros assuntos da família.

A razão essencial do seu surgimento tem a ver com a necessidade das famílias com elevados patrimónios encontrarem a estratégia e os instrumentos adequados para assegurar a manutenção e o crescimento do património por várias gerações.

Será que as empresas familiares, e por o serem, podem socorrer-se das características que lhe são típicas para encararem os desafios da mudança e vencê-los?

Só com uma visão clara e níveis de confiança elevados é possível evitar, ou resolver, as tensões que podem fazer perigar a continuidade da empresa.