InícioNotícia escrita porLuís Parreirão, Gestor

A nada ser feito teremos menos famílias empresárias, menos e piores empresas e, provavelmente, assistiremos à sua aquisição/integração em grupos estrangeiros.

Em dezembro, a Bloomberg prestou um assinalável serviço à economia e às empresas portuguesas.

O Peter Café Sport manteve-se, mas foram criadas outras actividades que respondem aos novos tempos. Um nome indissociável da cidade da Horta que já vai na quinta geração.

É essencial a existência de uma “carta de princípios e comportamentos” que determine comportamentos constantes e coerentes ao longo das várias gerações.

Se quisermos ocupar o nosso território, dar-lhe vida e sustentabilidade, então as empresas familiares terão um papel decisivo e único.

Um ponto essencial: deve dizer claramente o que se pretende com este instrumento de auto vinculação.

O que está em causa é assegurar uma adequada governação societária no contexto de especial complexidade das empresas familiares.

Impõe-se cuidado e esforço para aproveitar o melhor das empresas, respeitando as regras e conferindo a transparência de gestão hoje exigida pelo mercado.