InícioNotícia escrita porLígia Simões (Página 2)

lsimoes@jornaleconomico.pt

O Tribunal de Contas concedeu o visto sobre a contratação de 28 meios aéreos do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais para 2018, revela o Ministério da Administração Interna. Estão em causa 20 helicópteros ligeiros e oito médios, incluindo o meio afeto à Região Autónoma da Madeira.

Bruno Fernandes rejeitou a proposta da SAD do Sporting que passava por um aumento de 10% do salário anual do médio ofensivo dos 'verde e brancos' e que elevaria os montantes auferidos para cerca de 3 milhões de euros brutos por ano, revelou ao Jornal Económico fonte próxima ao processo.

Comissão de fiscalização alega que antiga presidente da Comissão Transitória nomeada por Bruno de Carvalho “martelou” a data da convocatória da AG de 17 de junho , para análise da situação do clube e esclarecimento aos sócios. Elsa Judas assinou convocatória a 31 de maio, mas só foi nomeada a 1 de Junho. Mais: na data da convocatória estava suspensa de sócia do Sporting pelo não pagamento de quotas desde 2009.

Os contribuintes que tenham alargado ao agregado familiar os seguros de saúde da sua entidade patronal e que suportem o respectivo pagamento do prémio de seguro ainda que não directamente à seguradora podem deduzir esta despesa à coleta na sua declaração de IRS.

Decisão surge na sequência do pedido de fiscalização do ex-Provedor de Justiça, José de Faria Costa, por considerar que normas do Regime Jurídico delimitam o universo dos profissionais que podem elaborar projetos de segurança contra incêndios em edifícios e as respetivas medidas de autoproteção.

Grupo de 22 deputados do PS, PCP, BE e PEV apelam ao Supremo Tribunal Federal do Brasil que determine a sua libertação e garanta “o pleno exercício dos seus direitos fundamentais”. Apelo surge depois de presidente de um tribunal de recurso do Brasil ter decidido que o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve permanecer na prisão, contrariando uma ordem de libertação dada por outro juiz.

Esclarecimento da AT surge após pedido de esclarecimento de contribuinte sobre quem deve emitir a fatura: se ao hóspede final, se à plataforma electrónica que gere as reservas e funciona como intermediária. Se explora um alojamento local, veja aqui como proceder.

O PSD recomenda ao Governo que adote medidas para corrigir as anomalias nos voos e a prestação de assistência adequada aos passageiros para as Regiões Autónomas. E reclama que sejam exigidas responsabilidades à administração da TAP na “não discriminação” dos destinos nacionais.

PUB
PUB
PUB