InícioNotícia escrita porJosé Filipe Pinto, Professor Catedrático

Para o Presidente da Terra do Tio Sam, a palavra “reciprocidade” não consta do respetivo vocabulário e não integra o normativo que regula as relações internacionais.

Não faz sentido pedir a António Vitorino que resolva um problema que está acima das capacidades individuais. O diálogo e a denúncia não chegam para curar a doença.

Um programa de governo que apresenta aspetos que justificam acompanhamento. Um case study. A simbiose do populismo clássico com o neopopulismo da rede.

O problema é que o magro pecúlio de mandatos do PSOE – apenas 84 – adicionado dos deputados do Podemos não era suficiente. Porém, as baias éticas do PSOE são muito elásticas quando o acesso ao poder está em questão.

O futebol, ainda que travestido de negócio, continuará a apaixonar multidões. Mas não pode constituir um campo inesgotável de recrutamento para lideranças populistas.

O PS tinha de se libertar do elefante na sala, que não parava quieto. Um perigo atendendo a que o 'Costaquistão', sistema dos que estão com Costa, não demorará a ir a votos.

A retaliação aliada não irá desencadear um conflito à escala mundial, embora se venha a verificar uma deterioração no relacionamento entre os EUA e a Rússia. Só que o mundo já não pertence por inteiro a um e outro. O pragmatismo chinês soube criar a oportunidade.

Já há elementos da equipa a falar de uma oficina segura. Funciona ali para os lados do Largo do Rato. Gente capaz de fazer todos os serviços necessários.

PUB
PUB
PUB