InícioNotícia escrita porJoão Abel de Freitas, Economista

O mundo das empresas e das grandes empresas beneficia de grande impunidade. Caso da Cimpor que, de estrela pujante na economia portuguesa, passou a uma sombra vagueante.

Os méritos são deste Governo. Mas não sou daqueles que pensa que este ciclo económico, social e político, a continuar por este caminho, irá beneficiar sobretudo o PS, levando-o a uma maioria absoluta.

Há balcões que, pela sua ineficácia, não fazem sentido. Há que substituí-los por serviços de novo tipo, mais eficientes e ágeis, e usar as novas tecnologias para responder aos interesses das populações.

Portugal tem um grande entrave à atracção do investimento: o não funcionamento da Justiça. É um problema estudado e re-estudado de que tanto se fala, mas onde pouco se progride.

A Revolta da Madeira foi um movimento político contra a Ditadura Militar que exigia o regresso ao regime republicano democrático e constitucional.

Apesar dos constrangimentos do contrato, a tesoura do Lone Star não estará já afiada?

As mulheres destacaram-se pela sua argúcia. Encabeçavam muitas vezes as manifestações ou os levantamentos populares com os seus filhos ao colo.

Fica aqui um alerta para quem de direito e uma chamada de atenção para uma situação muito gravosa que fere os princípios básicos de relacionamento Estado-Cidadão.