InícioNotícia escrita porJE editors

editors@jornaleconomico.pt

Encontram-se abertas até 31 de maio as candidaturas à 9a edição do Food & Nutrition Awards (FNA), plataforma de mobilização empresarial que tem como objetivo promover a inovação em Portugal, apoiar a adoção de uma alimentação e de estilos de vida saudáveis e contribuir para a criação de valor partilhado. Este ano, a Alimentação do Futuro está no centro dos debates do FNA.

Algumas das grandes mudanças no setor segurador, prendem-se com as novas regras da proteção de dados e os intervenientes vão ter de estar preparados. O tema é analisado esta semana por Leandro Fernandes, CEO da lluni software.

A Baker Tilly lançou um breve questionário acerca das eventuais candidaturas das empresas portuguesas ao Portugal 2020, pretendendo aferir da adesão a este tipo de fundos, da complexidade da candidatura, da morosidade do processo, dos timings de resposta e receção de fundos, entre outros.

O The Lisbon MBA Executivo é o único programa de gestão em Portugal a figurar no ranking do Financial Times. Com as tendências de mercado em constante mudança, a Católica-Lisbon e a Nova SBE querem munir os estudantes das ferramentas essenciais para uma gestão de sucesso. Um investimento com resultados comprovados e reconhecimento global.

As candidaturas aos Green Project Awards (GPA) decorrem até dia 31 de maio. A plataforma multissetorial dedicada ao reconhecimento das boas práticas para o desenvolvimento sustentável apresenta sete categorias e quatro prémios especiais na sua 11ª edição.

O setor segurador atravessa atualmente uma fase de profundas alterações estruturais. Semanalmente, partilhamos a análise dos vetores de mudança com forte envolvimento tecnológico. Esta semana, Leandro Fernandes, CEO da Lluni software, explica as alterações que a nova diretiva da distribuição de seguros irá trazer.

Condições favoráveis do mercado português foram aliciantes para a multinacional.

Com 2017 a revelar-se um ano muito positivo e de franco crescimento para o mercado de Fusões e Aquisições em Portugal, durante o qual o setor do imobiliário liderou o ranking destas operações, entramos no novo ano com altas expectativas sobre a sua evolução. Com um dinamismo que se estende a setores como os serviços, distribuição, construção, telecomunicações e tecnologia, importa aferir a tendência de evolução e que setores se revelam mais promissores.