InícioNotícia escrita porFilipe Alves (Página 2)

falves@jornaleconomico.pt

Administrador financeiro da EDP não será reconduzido no próximo mandato, que terá início em abril. Numa declaração escrita enviada ao Jornal Económico, disse que se trata de uma decisão "bem ponderada e há muito equacionada" e que vai dedicar-se a projetos pessoais.

O investimento que a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa pretende realizar no Montepio Geral está longe de ser consensual. Conheça os pormenores desta operação que, a concretizar-se, fará da Santa Casa a segunda maior acionista do banco mutualista.

A Pharol tinha convocado uma assembleia extraordinária de acionistas para 7 de fevereiro, afirmando que a aprovação de plano de recuperação da empresa, pelos credores, violou as regras da companhia, mas a Justiça brasileira considera que esta assembleia é desnecessária e aumenta a "instabilidade" na Oi.

Acusados de legislar na clandestinidade e em causa própria, os principais partidos sofreram ainda a ignomínia de um veto de Marcelo. Mas o que está na origem desta necessidade de mudar a lei do financiamento, alterando o regime do IVA e o limite máximo de donativos? O que levou os partidos a dar este passo em falso que minou a sua credibilidade aos olhos de muitos eleitores? O que explica o único grande consenso partidário?

O advogado Rui Pena, ex-ministro da Defesa e fundador da CMS RPA, faleceu ontem aos 78 anos. Descrito como um homem "sensato" e um "verdadeiro democrata-cristão", era um dos principais nomes do Direito Administrativo e do Direito da Energia. As cerimónias fúnebres terão hoje lugar na Basílica da Estrela, a partir das 15h00.

“Houve uma mudança de trabalho considerável” na Autoridade da Concorrência, defende advogado. Mas os desafios são muitos.

A renovação do sistema partidário é urgente e o financiamento público dos partidos não deve servir para manter de forma artificial as forças políticas tradicionais. Também na política devia ser obrigatório inovar, pensar fora da caixa e depender menos do dinheiro dos contribuintes.

Pedro Calado, vice-presidente do Governo Regional da Madeira em entrevista ao Económico Madeira.