InícioNotícia escrita porFilipe Alves (Página 2)

falves@jornaleconomico.pt

Uma sociedade anestasiada é uma sociedade que foge à realidade. Não podemos continuar a empurrar os problemas com a barriga e a passar a fatura para os nossos filhos e netos, que herdarão um país endividado, envelhecido e cada vez menos povoado.

Duelo por dívida vencida tem lugar numa altura em que a Nowo desafia as grandes operadoras, ao conquistar os direitos dos jogos da ‘Champions’.

No fim do dia, o setor da comunicação social será salvo pelos velhos valores do jornalismo, como a independência e a isenção, ao serviço do público.

Saída de Miguel Pina segue-se às de outros nomes de peso, entre informações, não confirmadas pela firma, de “lutas de poder” internas.

Devemos ter respeito e empatia pelas pessoas que se suicidam, sem deixarmos de condenar o ato em si. Nesta sociedade onde muita gente já não é capaz de distinguir entre a luz e as sombras, é preciso dizer: o suicídio é sempre errado.

Como se viu na mini-polémica do arraial do Castelo, os movimentos anti-turismo só invocam os direitos dos moradores quando lhes dá jeito. Também isto é populismo.

O endividamento da administração pública, das famílias e das empresas não-financeiras portuguesas permanece elevado, apesar dos esforços levados a cabo nos últimos anos, refere o supervisor.

Os bancos portugueses fizeram um esforço significativo para reduzir o malparado, cortar custos e melhorar a rendibilidade, mas ainda têm um longo caminho pela frente, refere o Banco de Portugal no Relatório de Estabilidade Financeira, hoje divulgado.

PUB
PUB
PUB