InícioNotícia escrita porCarlos Leiria Pinto, Diretor da Região Andina, IFC WorldBank

Vimos desaparecer à frente dos nossos narizes montantes colossais, mas parece que ninguém tem genuíno interesse em saber a que chapéu de mágico foram parar.

Mais importante que discutir qual o melhor modelo de gestão para os serviços públicos é saber como se pode institucionalizar uma cultura de gestão profissional, independente de interesses políticos, centrada em bem servir a população.

Como é possível que uma empresa tão sofisticada, regulada em diversos países, cotada em duas das principais praças bolsistas do mundo tenha conseguido atuar impunemente ao longo de tantos anos?