Arquitetos portugueses distinguidos pelo Royal Institute of British Architects

Os arquitetos Francisco Vieira de Campos e Cristina Guedes, do “Menos é Mais - Arquitetos”, receberam do prestigiado Royal Institute of British Architects (RIBA) a distinção de “International Fellowship 2017”.

O atelier com sede no Porto, autores de muitos e relevantes projectos, entre os quais o mediático “Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas”, situado na Ribeira Grande nos Açores, receberam esta distinção em “reconhecimento do enorme contributo que têm dado à arquitetura”.

Os laureados deste ano serão apresentados no início de 2017, num evento que terá lugar no dia 30 de janeiro, em Londres, onde será também apresentado o vencedor da “Royal Gold Medal 2017”, o arquiteto brasileiro Paulo Mendes da Rocha, autor do novo Museu dos Coches, em Lisboa.

Além da dupla portuguesa, contam-se entre os distinguidos com o RIBA International Fellowship, estão: Johan Celsing (Suécia), Izaskun Chinchilla (Espanha), Frederick Cooper (Perú), Philip Cox  (Austrália), Tom de Paor  (Irlanda), Bijoy Jain  (Índia), Siv Helene Stangeland e Reinhard Kropf da Helen & Hard (Noruega e Áustria) Vo Trong Nghia (Vietname) e Marie Jose Van Hee (Bélgica).

O RIBA distingue anualmente um restrito número de arquitetos internacionais com esse estatuto, onde constam nomes como Bjarke Ingels, Herzog & de Meuron, Frank Gehry, Jean Nouvel, Renzo Piano e Alvaro Siza – muitos dos quais foram homenageados com a Royal Gold Medal.




Mais notícias
PUB
PUB
PUB