Aprovadas 97 candidaturas para eficiência energética

O objetivo é diminuir o consumo energético, através da modernização e incremento da competitividade dos vários setores, avança a secretaria de Estado em comunicado difundido pela Lusa.

Painéis solares a produzir energia renovável, no parque fotovoltaico de Ollague, no norte do Chile. REUTERS/Pablo Sanhueza

O secretário de Estado da Energia aprovou 97 candidaturas num concurso para a promoção da eficiência energética, que representam uma comparticipação financeira de cerca de 1,6 milhões de euros, um investimento que ronda os 5,7 milhões de euros, avança a Lusa.

Em comunicado, o gabinete do secretário Estado da Energia diz que “a eficiência energética na indústria atrai investimentos de 5,7 milhões de euros” e que Jorge Seguro Sanches aprovou as 97 candidaturas ao abrigo do Aviso 19 — Promoção de Eficiência Energética na Indústria.

O concurso foi promovido pelo Fundo de Eficiência Energética (FEE) e decorreu de 30 de maio de 2016 a 03 de setembro de 2016, tendo sido submetidos 148 projetos.

Com as 97 candidaturas aprovadas e “agora homologadas pelo Governo”, estima-se uma energia primária evitada de 5.594 toneladas equivalentes de petróleo por ano.

O comunicado refere ainda que Braga e Porto são as regiões do país que mais concentram candidaturas, no primeiro caso 22 e no segundo 18, seguindo-se Lisboa e Aveiro, com 12 e 11 projetos, respetivamente.

Já por setores de atividade, a fabricação de têxteis lidera com 19, seguida da eliminação de resíduos, com 12, e da captação e tratamento de água, com 17 setores.

A secretaria de Estado da Energia dá também conta de que estão ainda em análise as candidaturas submetidas aos Avisos 20 e 21 do FEE, com uma dotação total de 2,6 milhões de euros.

Neste caso, o objetivo é promover a melhoria do desempenho energético de edifícios existentes, do setor residencial e de serviços, bem como a redução do consumo de energia do edificado do Estado, contribuindo assim para a diminuição da despesa pública.

 



Mais notícias
PUB
PUB
PUB