Apple prepara-se para ser a primeira empresa a valer 1 trilião de dólares

A corrida para ser a primeira empresa no mundo a valer mais de 1 trilião de dólares está a ser animada com outras gigantes tecnológicas a perfilarem-se. Os 'olhos' também estão postos na Amazon, Facebook e Alphabet, empresa-mãe do Google.

Yuya Shino / Reuters

A Apple está a liderar o caminho, com uma avaliação de mercado de 869 biliões de dólares (723 mil milhões de euros) obtida na semana passada, para se tornar a primeira empresa com uma avaliação do mercado de ações de 1 trilião de dólares, se os preços das ações continuarem a aumentar tanto quanto em 2017, avança o The Guardian.

A Apple, que esteve à beira da falência em 1997, altura em que o seu fundador, Steve Jobs, retomou a liderança, exigiu um aumento de 15% no preço de cada ação para assim conseguir atingir a barreira de 1 trilião de dólares, sendo que as ações da Apple aumentaram 47% no ano passado.

Nesta corrida, a empresa californiana que transformou as comunicações móveis, a música e a fotografia com o iPhone está 140 biliões de dólares (116 mil milhões de euros) à frente da Alphabet, que tem um valor de mercado de 729 biliões de dólares (606 mil milhões de euros).

 

 



Mais notícias