Ameaças de bomba em Moscovo levam à retirada de 10 mil pessoas

Moscovo foi hoje alvo de múltiplas ameaças de bomba que tiveram como consequência, até ao momento, a retirada de 10 mil pessoas.

Múltiplas ameaças de bomba em Moscovo levaram hoje à retirada de milhares de pessoas de estações de comboio, centros comerciais e uma universidade, avança o The Independent.

Algumas agências noticiosas russas avançam que as autoridades do país acreditam que as ameaças são “um caso de terrorismo telefónico” cuja credibilidade está por confirmar.

Até ao momento, ainda não terá sido encontrado qualquer explosivo.

 



Mais notícias