Alunos do primeiro ciclo perdem 2h30 de aulas por semana

A alteração significa um regresso ao modelo antigo, já no início do próximo ano. Os agrupamentos são obrigados a redesenhar os horários e a assegurar que há funcionários para vigiar os alunos.

Os 30 minutos por dia do intervale da manhã nos horários dos alunos do 1º ciclo vão passar a integrar o tempo letivo dos professores. A decisão, que terá efeito a partir de setembro, foi tomada pelo ministério da Educação e anunciada ontem através de uma circular a que o Jornal de Notícias teve acesso.

A alteração significa um regresso ao modelo antigo e obrigado a um desenho diferente dos horários nas escolas. A partir de setembro, os alunos do 1º ciclo terão menos meia hora de aulas por dias, o que significa menos duas horas e meia por semana. Por outro lado, o tempo de aulas passa para 4h30, das atuais cinco horas, segundo noticia o JN.

Vão ser os próprios agrupamentos de escolas a decidir como se adaptam à nova regra, sendo que os alunos podem entrar mais tarde de manhã, passar a ter duas horas (em vez de 1h30) à hora do almoço ou sair mais cedo à tarde. Além disso, mais tempo no recreio vai implicar também que haja funcionários disponíveis para vigiar os alunos.



Mais notícias