Afonso Reis Cabral vence Prémio Europa na categoria “Promessa”

Jovem escritor arrebatou o galardão na categoria "Promessa", destinado a premiar obras de uma personalidade emergente no campo artístico.

Afonso Reis Cabral continua a somar sucessos. O jovem escritor venceu o “Prémio Europa – David Mourão-Ferreira”, após a crítica ter aplaudido o romance “O Meu Irmão”, vencedor do Prémio Leya em 2014.

O escrito foi distinguido na categoria “Promessa”, que premeia obras de uma personalidade emergente no campo artístico. Desde 2014, que esperamos que a promessa seja a concretização de um novo livro.

O jovem escritor estudou na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa, onde obteve o mestrado em Estudos Portugueses. Após a conclusão do curso, foi revisor e editor na Editora Presença, enquanto escrevia o livro que o catapultou para o palco da literatura em Portugal.

Contudo, “O Meu Irmão” não foi a estreia de Afonso, que já tinha lançado “Condensação”, um livro de poemas escrito na adolescência.

O júri da sexta edição foi presidido por Eduardo Lourenço. A cerimónia de entrega do galardão, que foi lançado em 2006 e é atribuído de dois em dois anos, terá lugar em Itália, na Aula Magna da Universidade de Bari ‘Aldo Moro’.

Os Prémios Europa são atribuídos pelo Centro Studi Lusofoni – Cátedra David Mourão-Ferreira da Universidade de Bari ‘Aldo Moro’ e do Camões, I.P., e foi criado em homenagem ao consagrado autor. O objetivo, segundo a organização, passa pela divulgação da língua e da cultura portuguesas nos países da União Europeia e do Mediterrâneo.

Mais notícias
PUB
PUB
PUB