Aeroporto da Madeira: “Ciumeira” local obriga a colocar placa ‘Cristiano Ronaldo’

José Silva Peneda considera que a proposta de rebatizar o Aeroporto Santa Catarina como o nome do craque futebolista português foi "prematura", mas que "encaixa perfeitamente" na distinção dada pelo aeroporto.

O ex-ministro do Trabalho do Governo de Aníbal Cavaco Silva, José Silva Peneda, revelou esta terça-feira, que antes de Cristiano Ronaldo ser sequer pensado para dar nome ao aeroporto da Madeira, o ex-Governante da Madeira, Alberto João Jardim, já havia ponderado a hipótese de o vir a nomear de “Aeroporto Cavaco Silva”. José Silva Peneda diz ainda que antes que a possibilidade de colocar a placa ‘Alberto João Jardim’ avançasse, decidiu-se interpor a proposta de ‘Cristiano Ronaldo’, para acabar com aquilo que designa de “ciumeira” dos agentes locais.

Em entrevista ao programa ‘Conversas Cruzadas’, da Rádio Renascença, José Silva Peneda considera que a proposta de rebatizar o Aeroporto Santa Catarina como o nome do craque futebolista português foi “prematura” e que este tipo de distinções são “uma consagração de carreira” e são habitualmente dadas “a pessoas que já cumpriram uma carreira, que já a terminaram”.

O antigo presidente do CES avança que enquanto secretário de Estado do Planeamento e do Desenvolvimento Regional, que tutelava o projeto de ampliação do aeroporto de Santa Catarina, o presidente do governo regional, Alberto João Jardim, terá falado com ele sobre a sua intenção de dar o nome do então primeiro-ministro português, Cavaco Silva, que gozava de bastante popularidade entre os portugueses, ao renovado aeroporto.

“Vou fazer uma confidência”, começou José Silva Peneda. “Quando fui secretário de Estado do Planeamento e do Desenvolvimento Regional tinha a tutela do aeroporto de Santa Catarina e o presidente do governo regional [Alberto João Jardim] tratou do dossier de ampliação do aeroporto. Um dia confidenciou-me ter grande vontade em que o aeroporto fosse designado de ‘Aeroporto professor Cavaco Silva’. Não teve sorte nenhuma e foi sensato não adoptar a opção”.

A alternativa de nomeação que entretanto assumiu a dianteira foi a de ‘Aeroporto Alberto João Jardim’. Contudo, segundo José Silva Peneda, a opção começou a levantar um sentimento de “ciumeira” entre os “agentes locais” e acabou por ser guardada na gaveta e triunfar a de ‘Aeroporto Cristiano Ronaldo’.

“Há quem me diga que da parte das autoridades regionais há uma espécie de ciumeira e antes que a placa ‘Alberto João’ fosse colocada no aeroporto o melhor foi eliminar essa possibilidade e colocar já a placa ‘Cristiano Ronaldo'”, explica.

José Silva Peneda vai ainda mais longe ao considerar a ideia como uma “mesquinhez” e sublinha que “muitos que nos seguem lá em casa e eram contra esta ideia de dar o nome do aeroporto da Madeira a Cristiano Ronaldo, agora que ficaram a saber que as alternativas seriam Alberto João Jardim ou Cavaco Silva… passaram a ser a favor”.

“Acho que aeroportos e outras infraestruturas importantes da nossa vida comunitária devem ter nomes que relembrem personalidades que se distinguiram com contributos relevantes para a sociedade e, no caso em apreço, para a região da Madeira e para o país. Cristiano Ronaldo encaixa perfeitamente neste postulado”, reitera.

Mais notícias
PUB
PUB
PUB