Adeptos pressionam Pinto da Costa: “Chegou a hora de sair. Pede a demissão”

Também Nuno Espírito Santos foi alvo de críticas.

REUTERS/Miguel Vidal

Os dragões não ganham um troféu desde a Supertaça 2013/2014, e os adeptos estão descontentes com tal facto. Na manhã desta segunda-feira foram filmados pela RTP mensagens de protesto deixadas no muro da residência de Pinto da Costa, como conta hoje o Record. No final da tarde os muros já tinham sido pintados de branco mas podia ler-se anteriormente: “Presidente, no dia em que abandonar o poder, quem voltar os seus bolsos do avesso só entrará pó? Acorda, Porto”; “Chegou a hora de sair. Pede a demissão” e “Ninguém calará a nossa expressão”.

Para além dos estragos na casa do líder da SAD dos azuis e brancos, também o Porto Canal foi alvo de vandalismo “Eis a natureza humana, os culpados a culparem todos menos a eles. Acorda Porto”, assinado com a data da fundação da claque dos Super Dragões, 30/11/86.

Segundo o jornal desportivo, o momento de fair play de Nuno Espírito Santos não foi bem visto pelos portistas, que não gostaram do facto do técnico ter dado os parabéns aos encarnados, havendo muitas reações nas redes sociais.

O Porto goleou (4-1) o Paços de Ferreira no domingo, uma vitória que passou despercebida ao som dos festejos dos benfiquistas.

 

PUB
PUB
PUB