A água da torneira mais cara de sempre…numa garrafa Siza Vieira

Chama-se Lisbon Soul e é uma garrafa desenhada por Siza Vieira para a EPAL. Lançada na passada terça-feira com o objetivo de promover a qualidade da água da cidade, é vendida por 50 euros. O preço faz com que a água da torneira que lá colocar seja a mais cara de sempre.

Foi no Reservatório da Mãe d’Água das Amoreiras que a EPAL apresentou a Lisbon Soul, uma garrafa desenhada pelo arquiteto Álvaro Siza Vieira no âmbito de uma campanha da EPAL e da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) que pretende promover a excelência da qualidade da água da torneira da cidade de Lisboa e incentivar, ao mesmo tempo, o seu consumo.

O traço escolhido pelo arquiteto nacional para a Lisbon Soul evoca a torre de Ulisses, com as ameias que se vêm no topo a servierem de pés para o copo que é, também, a tampa desta garrafa.

Na cerimónia de apresentação estiveram o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes; o secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins; a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho; o presidente da EPAL, José Sardinha; o presidente da AHP, Raul Martins, e a arquiteta Ana Silva, em representação do arquiteto Siza Vieira.

Na sua intervenção, o ministro do Ambiente lembrou a qualidade da água do país, “a água da torneira que deveríamos beber em quantidade, no mínimo dois litros por dia”. Ao mesmo tempo, afirmou também que “a qualidade da nossa água de torneira é bem melhor e mais económica que a contida nas garrafas de água de marca”.

Três anos depois da Fill Forever, lançada em 2014 pela EPAL, a Lisbon Soul tem nos turistas o seu principal público-alvo, até porque será apenas comercializada em hotéis e na EPAL.

Para a AHP, parceira da EPAL nesta iniciativa, o lançamento da garrafa Lisbon Soul “contribui também para a afirmação da cidade de Lisboa como destino turístico sustentável, que, tal como outras capitais europeias, promove o consumo da água da torneira”.



Mais notícias
PUB
PUB
PUB