6,5 mil milhões: Os milhões que Portugal gastou em incêndios em 16 anos

Portugal gastou cerca de 6.585 milhões de euros nos últimos 16 anos em incêndios, mas só 410 milhões de euros foram investidos na prevenção, concluiu o relatório da comissão técnica que analisou os fogos de junho na região Centro.

De acordo com o relatório da comissão técnica independente designada para analisar os fogos, hoje divulgado, dos 6.585 milhões de euros, grande parte são prejuízos com a perda de bens, 3.948 milhões de euros, ou com a destruição de floresta ou outras zonas verdes, 2.219 milhões de euros.

1.091 milhões de euros foram investidos na recuperação de áreas ardidas e apenas 410 milhões de euros na prevenção dos fogos.

2003 e 2005 foram os anos em que os gastos foram mais elevados, respetivamente 1.303 e 985 milhões de euros, indicou o relatório, que exclui o ano de 2017.





Mais notícias