55% dos portugueses preferem embalagens com certificação ambiental, conclui estudo da Tetra Pak

Para 74% dos portugueses, o facto de uma embalagem não ser 'amiga do ambiente' é um motivo para não comprar ou comprar menos determinado produto, conclui o estudo efetuado pela Tetra Pak.

Mais de metade dos portugueses (55%) considera ser importante a certificação ambiental de uma embalagem na decisão de compra de um produto, revela um estudo elaborado pela Tetra Pak, após um inquérito efetuado a mil portugueses sobre padrões de consumo e tendências de futuro.

Para 74% dos portugueses, o facto de uma embalagem não ser ‘amiga do ambiente’ é um motivo para não comprar ou comprar menos determinado produto.

Segundo esse estudo da empresa de embalagens sueca, 58% dos consumidores portugueses consideram-se conscientes e 91% afirmam ter em conta a saúde no momento de escolher um produto.

Além disso, a segurança alimentar é o aspeto mais relevante para 92% dos portugueses na hora de escolher embalagens para os alimentos, enquanto 77% consideram importante que os alimentos não tenham aditivos nem conservantes.

De acordo com este inquérito da Tetra Pak, 65% dos portugueses afirmam considerar a embalagem no momento de escolher um produto e 69% dos consumidores nacionais sabem que uma boa embalagem ajuda a preservar os nutrientes, vitaminas e minerais dos alimentos.

O estudo conclui ainda que 76% dos consumidores portugueses entendem ser importante que as embalagens sejam fabricadas com materiais renováveis.

No entanto, também há mitos que é necessário desmontar. Por exemplo, 62% dos portugueses acreditam que o leite e o sumo em embalagens distribuídas à temperatura ambiente contém conservantes, o que não é verdade, garante a Tetra Pak.

A Tetra Pak vai também lançar uma campanha, designada ‘Boa embalagem, boa vida’, que se centra na importância de fazer uma escolha consciente em relação às embalagens, tendo em consideração os aspetos que são importantes para a saúde, meio ambiente e estilo de vida de cada consumidor.

Segundo a Tetra Pak, trata-se de uma campanha “especialmente dirigida às gerações Z e aos ‘millenials’, os consumidores do futuro, e que são mais exigentes, inquietos e procuram marcas e produtos sustentáveis”.



Mais notícias